InternetData CenterAssinante

Governo de SC estuda implantação de número único para chamadas de emergência

Comitiva catarinense visitou a central telefônica de Oeiras, em Portugal
Governo de SC estuda implantação de número único para chamadas de emergência
Foto: João Paulo Gomes Vieira/SECOM
Por Redação Engeplus Em 09/07/2024 às 16:33

O governador de Santa Catarina Jorginho Mello e a comitiva catarinense que estão em Portugal visitaram nesta terça-feira, dia 9, o Centro Operacional 112 Sul, em Oeiras, cidade próxima a Lisboa. No local, está instalada uma central telefônica que abrange em um único canal o atendimento de todas as forças de segurança. A intenção da visita é espelhar o modelo em Santa Catarina, trazendo mais agilidade e eficácia para quem buscar auxílio da Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

“Essa convergência evita erros. Eles recebem, filtram e o próprio sistema já direciona para quem tem que tomar providências. Os nossos técnicos vão discutir com eles para que a gente possa aprender a captar essa experiência para que a gente consiga em Santa Catarina atender ainda melhor as pessoas que precisam de socorro. A grande diferença deles é que eles têm um único número, o 112”, comentou o governador. 

Segundo o secretário adjunto, que responde pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, coronel Flávio Graff, durante a visita foi testemunhado como a central está disposta em ajudar. A inteligência artificial, os sistemas e a metodologia que é utilizada proporciona celeridade no atendimento as pessoas que telefonam para o número único. "Foi uma visita promissora, extremamente importante para verificarmos uma realidade de um país que tem um dos sistemas mais desenvolvidos e que queremos adotar em Santa Catarina”, destacou. 

A comitiva foi recebida pelas autoridades portuguesas do Ministério da Administração Interna. “Muito gosto em receber o governador aqui nas instalações. É aqui o grande centro da tecnologia do Ministério da Administração Interna (MAI), temos aqui o Centro de Operações do 112, a sala do centro de operações Sul que faz parte de um conjunto de quatro centros que estão distribuídos pelo país. Aqui também temos tecnologia da Rede Nacional de Segurança Interna, que faz toda infraestrutura de comunicações com as forças de segurança em todas as entidades do Ministério da Administração Interna”, disse o secretário-geral adjunto do Ministério, Antônio Pombeiro.

Colaboração: Christiano Vasconcellos/Secom