InternetData CenterAssinante

Diocese de Criciúma: Santos Óleos são abençoados em missa solene na Catedral São José

Solene celebração foi presidida por Dom Jacinto Inacio Flach
Diocese de Criciúma: Santos Óleos são abençoados em missa solene na Catedral São José
Foto: Divulgação
Por Redação Em 01/04/2021 às 21:55

A Diocese de Criciúma celebrou na manhã desta quinta-feira santa, dia 1º, a Missa do Crisma. A celebração, que teve início às 9 horas, na Catedral São José, em Criciúma, foi realizada sem a presença dos fiéis devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19. Diversos padres religiosos e diocesanos concelebraram a missa, que foi presidida pelo bispo Dom Jacinto Inacio Flach.

Na ocasião, com as mãos segurando suas estolas, símbolo dos ministros ordenados, os padres fizeram a renovação de suas promessas sacerdotais. “Nossa estola é o símbolo do amor a Deus, seu povo e a Igreja”, disse o bispo. O Bispo destacou ainda o serviço dos padres, que mesmo com tantos desafios durante a pandemia, seguiram dedicados à missão de evangelizar. Na solene celebração, Dom Jacinto também recordou que, pela segunda vez, o momento sagrado acontece sem a participação do público, ressaltando que “estamos todos unidos em oração e no amor de Deus”.

Em sua homilia, o bispo da Diocese de Criciúma falou da importância da celebração e da missão sacerdotal. “O ministério sacerdotal é a escolha de Deus para que alguns de seus filhos possam continuar diretamente a missão de Cristo na terra. Renovando as promessas da nossa ordenação, renovamos também o nosso trabalho, a nossa missão única na terra que faz acontecer os sacramentos, muito especialmente a eucaristia da qual celebramos hoje a sua instituição por Cristo”, disse o epíscopo recordando a espiritualidade de São João Maria Vianney, padroeiro dos sacerdotes. “O maior e melhor presente que o bom Deus envia sobre a terra é um bom padre”. O Bispo destacou ainda o serviço dos padres, que entregam sua vida pelo amor a Deus e rezou a todos os idosos e doentes.

Durante a solenidade, foram abençoados os óleos do Batismo e da Unção dos Enfermos e consagrado o óleo do Crisma. Três grandes vasos contendo os santos óleos foram levados até o altar. O óleo dos Enfermos foi levado pelo diácono Tiago Marcelino Comin; o óleo do Batismo foi levado pelo também diácono, Marciel Rosa da Silva e óleo do Crisma, pelo diácono Anderson Cardoso. A este último foi adicionada uma essência, significando o bom perfume que o crismando deve exalar após a confirmação de sua fé. Obedecendo o rito, o mesmo óleo recebeu, por último, o sopro dos lábios do Bispo, representando a presença do Espírito Santo. Ao final da missa, o vigário auxiliar da Catedral e também Coordenador de Pastoral diocesano, Padre Jonas Emerim Velho, agradeceu a presença e a colaboração de todos. 

Colaboração: Setor de Comunicação - Diocese de Criciúma