InternetData CenterAssinante

Obras são adiadas e revitalização da SC-443 deve ficar para o fim de 2024

Novo contrato de licitação será lançado em julho e assinado até setembro deste ano
Obras são adiadas e revitalização da SC-443 deve ficar para o fim de 2024
Foto: Patrick Stüpp/Arquivo/Portal Engeplus
Por Patrick Stüpp Em 08/07/2024 às 15:45

As obras que implementarão melhorias na SC-443, rodovia que liga Criciúma e Morro da Fumaça, estão previstas para o fim deste ano. A estimativa da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) era revitalizar, totalmente, a rodovia até abril de 2024.

O coordenador regional Sul da SIE, Ademir Honoratto, deixou o cargo no último sábado, dia 6, mas confirmou ao Portal Engeplus que as obras devem fazer parte de um novo contrato conserva que será assinado. Honoratto estima que a licitação será lançada ainda julho, com prazo de sinalização até setembro deste ano.


Novo contrato de licitação será lançado para início das obras. (Foto: Patrick Stüpp/Arquivo/Portal Engeplus)

“Queríamos entregar a obra em abril deste ano. Mas as fortes chuvas que ocorreram entre os anos de 2022, 2023 e 2024 atrasaram este processo, já que os recursos que tínhamos utilizamos para fazer a revitalização da rodovia com obras de tapa-buracos em locais emergências. Esperamos que até outubro tudo já esteja liberado para o início dos trabalhos no local”, informou.

Pauta na Câmara de Vereadores

Além de trazer dificuldades no tráfego de veículos, a situação da SC-443 também será pauta na sessão da Câmara de Vereadores de Criciúma desta segunda-feira, dia 8. O requerimento, que é de autoria do vereador Nícola Martins (PL), questionará a Coordenadoria Regional de Infraestrutura Sul (CRSUL) sobre a previsão na manutenção da camada asfálticas da rodovia, principalmente no trecho que liga os municípios de Criciúma e Morro da Fumaça, por estar danificado pelo alto fluxo de veículos.

Leia mais

SC-443: rodovia receberá manutenção de tapa-buracos e será totalmente recuperada até abril de 2024

Ademir José Honorato deixa cargo de coordenação Regional de Infraestrutura