InternetData CenterAssinante

Criciúma apresenta novo salto no número de casos ativos de Covid-19

Foram 63 casos a mais confirmados entre esta segunda-feira, dia 3, e terça-feira, dia 4
Criciúma apresenta novo salto no número de casos ativos de Covid-19
Foto: Rafaela Custódio/Arquivo/Portal Engeplus
Por Lucas Renan Domingos Em 04/01/2022 às 16:42

Criciúma registrou mais um salto no número de casos ativos de Covid-19. O relatório da Vigilância Epidemiológica divulgado nesta terça-feira, dia 4, mostrou que o município possui 161 pessoas diagnosticadas com a doença e que ainda estão em fase de transmissão do vírus. São 63 casos a mais em relação ao último boletim divulgado nessa segunda-feira, dia 3. A Secretaria de Saúde monitora também outros 13 casos suspeitos. Os pacientes realizaram o exame e aguardam o resultado.

A explicação para a elevação do total de ativos está nas festividades de fim de ano, acredita o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande. “É uma situação que está acontecendo em todo o Brasil, muito por conta do Natal e Ano Novo, e vem evoluindo com a transmissão comunitária. Nós estamos fazendo tudo o que é possível para controlar. Nossas Unidades Básicas de Saúde estão com uma demanda de atendimento altíssima. Foram mais de 700 testes em três dias”, contou Casagrande.

As cepas do vírus são outros fatores que podem contribuir para o aumento de casos ativos.Três possíveis casos de Criciúma envolvendo a variante Ômicron estão em análise na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Rio de Janeiro. Os exames foram mandados ao Rio no dia 21 de dezembro e os três pacientes se recuperam em isolamento domiciliar.  “Pode ser, sim, reflexo da variante. A Ômicron tem uma transmissão muito maior. Estamos acompanhando tudo de perto e reforçando as equipes nos locais de atendimento”, afirmou o secretário.

Ao mesmo tempo em que crescem os casos ativos, as hospitalizações continuam estáveis. Em Criciúma o número de pacientes internados chegou a diminuir entre essa segunda-feira, dia 3, e esta terça-feira, dia 4, passando de 16 para dez pessoas hospitalizadas. “Estamos em contato direto com os hospitais. Não tem havido um crescimento nas internações”, reforçou.

Números da Covid-19 em Criciúma

O relatório da Vigilância Epidemiológica atualizado nesta terça-feira mostrou que desde o início da pandemia Criciúma contabiliza 39.557 casos confirmados da Covid-19, 38.730 recuperados e 666 mortes. Na cidade já foram aplicadas 368.588 doses de vacina contra o coronavírus, sendo 178.340 primeiras doses, 155.789 segundas doses e 34.459 doses de reforços.

Dos dez pacientes hospitalizados em Criciúma, cinco moram no município e os outros cinco são de outras cidades. Dos criciumenses internados, um recebeu somente uma dose da vacina, dois aplicaram a segunda dose, um recebeu a dose de reforço e um não possui registro de vacinação.