InternetData CenterAssinante

Samae aborda o uso racional da água e importância das ligações na rede de esgoto

Materiais impressos estão sendo distribuídos para os clientes e nas escolas
Samae aborda o uso racional da água e importância das ligações na rede de esgoto
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 12/06/2021 às 20:02

Com o objetivo de promover a valorização e racionalização do uso da água, contribuindo para a sustentabilidade ambiental e qualidade de vida das famílias, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) tem disponibilizado, aos usuários e visitantes de sua sede, kit’s de material impresso. Os informativos educativos também são fornecidos às unidades de ensino do município.

“Esse material consiste numa verdadeira coletânea, destacando de maneira objetiva algumas iniciativas que todo o cidadão pode fazer para ajudar na preservação do meio ambiente”, observa Paula Rezena Damiani, coordenadora do Projeto Samae na Escola.

Confira as principais orientações do Samae, que estão contidas nessas publicações:

Tubulações: Se a sua rua já possui rede coletora com tratamento de esgoto, procure conhecer por onde passa a tubulação, fossa ou sumidouro.

Conforme à Lei Municipal número 11.445/07, é de responsabilidade dos usuários providenciar a correta ligação de sua residência ou estabelecimento comercial na rede pública de esgotamento sanitário. Esta providência proporciona mais saúde, preservação do meio ambiente, maior valorização do imóvel e melhor infraestrutura da cidade.

Caixa d’água: Mantenha a caixa d’água de sua casa sempre limpa e tampada. A higienização da caixa d'água das residências é fundamental para garantir um ambiente adequado e livre de bactérias. Uma eventual contaminação da água põe em risco a saúde e pode ocasionar doenças como diarreia, hepatite, leptospirose, entre outras.

Manutenção: Faça manutenção rotineira nas torneiras, válvulas de descarga e boia da caixa d’água.

O lixo: Reduza a geração de lixo e separe os materiais recicláveis (papel, cujo tempo de decomposição é de duas a seis semanas; vidro, um milhão de anos; plástico, leva 450 anos, em média, para decompor-se e metal, de 50 a 200 anos).

Consumo: Conheça e controle a água consumida em sua casa.

Higiene: Mantenha as torneiras das pias e do chuveiro fechadas enquanto faz a barba, escova os dentes e se ensaboa. Uma torneira aberta gasta de 12 a 20 litros/minuto. Pingando 46 litros/dia, significa um gasto de 1.380 litros por mês.

Lavar o carro: Ao lavar o veículo, substitua a mangueira por um balde ou bacia.

Regar plantas: Use sempre regador para molhar plantas e gramados.

Lavar roupa: Aproveite toda capacidade do tanque ou da lavadora para lavar uma quantidade de roupa de uma só vez.

Mangueira: Não use a mangueira para empurrar as sujeiras das calçadas e quintais.

Vaso sanitário: Não faça do vaso sanitário uma lixeira. Não descarte materiais como: papel higiênico, papel toalha, panos, cotonetes, absorventes ou embalagens no vaso sanitário. Esta ação provoca o entupimento da rede pública de esgoto e, consequentemente, transtornos à população.

Colaboração: João Carlos Silva/Assessor de Imprensa do Samae Araranguá