InternetData CenterAssinante

Projeto em andamento para investimentos de mais de R$ 20 milhões no aeroporto Diomício Freitas

Revitalização da pista e construção de estação meteorológica fazem parte do estudo
Projeto em andamento para investimentos de mais de R$ 20 milhões no aeroporto Diomício Freitas
Foto: Lucas Renan Domingos/Arquivo /Portal Engeplus
Por Lucas Renan Domingos Em 05/04/2021 às 15:44

Está em fase de projeto uma revitalização do Aeroporto Regional Diomício Freitas, em Forquilhinha. O estudo foi contratado por um grupo de empresários do Sul de Santa Catarina. A estimativa é de que as melhorias previstas custem entre R$ 20 milhões e R$ 30 milhões.

Dentro do projeto está a revitalização da pista de pouso e decolagem do aeroporto, além da construção de uma Estação Meteorológica de Superfície Automática (EMS-A) e a troca da cerca patrimonial. A informação foi confirmada pelo prefeito de Forquilhinha, José Cláudio Gonçalves, o Neguinho.

“O projeto está sendo pago pelos empresários. A intenção é entregar este estudo para o Governo de Santa Catarina agora entre abril e maio. A execução ficaria a cargo do Estado, que negociou com os parlamentares parte da sobra do duodécimo da Assembleia Legislativa de Santa Catarina para estas obras”, disse o prefeito.

Mais um passo para os voos regulares

Uma das propostas é que o Aeroporto Regional Diomício Freitas volte a receber voos regulares. Hoje as operações na unidade são apenas de aeronaves particulares. Conforme Gonçalves a Prefeitura de Forquilhinha vem acompanhando o processo também com a expectativa do retorno de voos comerciais.

“É até um interesse dos próprios empresários e esperamos que aconteça. É importante para a economia da nossa região. Estamos de olho neste projeto, até porque os acordos anteriores foram feitos com o antigo governo e agora houve mudanças, então precisamos ver como vai andar”, acrescentou Neguinho.

A EMS-A também é capaz de medir as condições meteorológicas e emitir estas informações para o usuário e para as tripulações em voo. “Isso permite, por exemplo, que seja possível realizar pousos e decolagens em dias com nebulosidade”, completou Gonçalves.

Leia também:

Empresários interessados na gestão do Aeroporto Regional Diomício Freitas

Gestora do Aeroporto de Forquilhinha quer atrair investidores e sonha com a volta de voos comerciais