InternetData CenterAssinante

Covid-19: em Criciúma, 15 estabelecimentos são infracionados por desrespeito às normas sanitárias

Penalidade pode variar entre R$ 2 mil e R$ 24 mil, dependendo da gravidade e reincidência
Covid-19: em Criciúma, 15 estabelecimentos são infracionados por desrespeito às normas sanitárias
Foto: Arquivo/Decom
Por Redação Engeplus Em 08/01/2021 às 19:02

A equipe da Vigilância Sanitária de Criciúma, com o apoio da Polícia Militar, penalizou 15 estabelecimentos durante as comemorações de Natal e Ano Novo por descumprimento de regras de combate à Covid-19. Os locais podem ser infracionados no valor entre R$ 2 mil e R$ 24 mil, dependendo da gravidade e reincidência do fato.

"Esses espaços não estavam respeitando as normas contra o coronavírus, por isso foram penalizados", explicou o coordenador do órgão de fiscalização, Samuel Bucco. Hoje, o município exige que os estabelecimentos controlem a entrada de pessoas para evitar aglomerações, promovam o distanciamento social, disponibilizem álcool em gel e recebam os clientes até as 23 horas.

Segundo o coordenador, as fiscalizações continuam ocorrendo de forma intensa na cidade, mesmo com o encerramento das celebrações de final de ano. "Estamos atuando todos os dias, inclusive nos finais de semana, para garantir o cumprimento das regras", comentou.

Denúncias

As denúncias podem ser realizadas direto com a Vigilância Sanitária pelo WhatsApp (48) 991936259, pelo aplicativo PMSC Cidadão, disponível para download na App Store e no Google Play, ou pelo 190 com a Polícia Militar.

Colaboração: Richard Vieira/Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Criciúma