InternetData CenterAssinante

No Majestoso, Próspera supera o Hercílio Luz e comemora a primeira vitória em seu retorno à elite

Equipe de Paulo Baier fez 3 a 2 no time tubaronense e subiu na tabela de classificação
No Majestoso, Próspera supera o Hercílio Luz e comemora a primeira vitória em seu retorno à elite
Foto: Lucas Colombo/MC10
Por Thiago Hockmüller Em 28/02/2021 às 18:02

Jogando no estádio Heriberto Hülse, mas sem o mando de campo, o Próspera bateu o Hercílio Luz por 3 a 2 e venceu a primeira em seu retorno à elite do futebol catarinense. O duelo aconteceu na tarde deste domingo, dia 28, pela segunda rodada do Estadual. O Time da Raça marcou com Jessé, Gabriel e Maicon Santana, enquanto o adversário fez com Renato Henrique e Rafael Rosa.

Com o resultado, o Próspera subiu para a quinta posição, com três pontos, e se prepara para enfrentar o Marcílio Dias, quarta-feira, dia 3, no Gigantão das Avenidas, em Itajaí. Já o Hercílio Luz é 9° colocado, com apenas um ponto, e duela com o Juventus, também na quarta-feira, só que em Jaraguá do Sul.


Próspera abriu o placar aos três minutos da etapa inicial.

Rápido e rasteiro

Sem o mando de campo, mas jogando em Criciúma, o Próspera se sentiu à vontade nos minutos iniciais, praticamente alugou o campo de ataque e abriu o placar logo na primeira oportunidade. Aos três minutos, Jean Natal cruzou, Jessé aproveitou indecisão da zaga e quase que dentro da pequena área chutou forte, sem chance para o goleiro Roballo.

Com a vantagem, o time seguiu melhor em campo. Gabriel tabelou com o companheiro e foi derrubado na entrada da área. Na cobrança, Jessé pegou mal e atirou em cima da barreira. 

Depois da pressão inicial, o Hercílio Luz tentou equilibrar as ações do jogo. E foi pegando confiança para agredir o sistema defensivo adversário. O Próspera fechava bem as linhas defensivas deixando apenas Maicon Santana atrás da linha da bola. Com a entrada da área congestionada, os tubaronenses passaram a arriscar de longe. Primeiro com Levi, aos 13. Depois com Wellington, aos 18. Ambos os chutes saíram por cima da meta defendida por Prezzi.

No canto, na trave e na rede

Com o Próspera acuado no campo de defesa, o Hercílio Luz seguiu pressionando. Na bola aérea e se aproveitando de faltas laterais, o time de Tubarão tentou buscar o empate. Só que o gol saiu somente aos 35 minutos, e justamente como resultado de um chute de fora da área.

O meia Renato Henrique recebeu passe na intermediária e partiu para cima da defesa. Sem nenhum adversário para impedi-lo, ele armou um chute colocado. A bola saiu fraca, mas o suficiente para vencer Prezzi, bater na trave e morrer no fundo das redes.

Antes do final da primeira etapa, o Próspera ainda teve a oportunidade para marcar o segundo. E desperdiçou. Jean Natal cobrou falta na área, Gullithi subiu alto e testou firme, para fora. 


Hercílio Luz empatou com bonito gol de Renato Henrique. (foto: Patrícia Amorin)

Alterações e expulsão

Na segunda etapa, os dois técnicos promoveram alterações nos times. Pelo lado do Próspera, Paulo Baier trocou Baiano e Jean Natal por Lastra e Leomir. Já Marcelo Caranhato trocou Ruan Costa por Marlon. E com quatro minutos do segundo tempo o Hercílio Luz ficou com um jogador a menos. Levi chegou atrasado em uma dividida, pisou no adversário, sofreu o segundo cartão amarelo e foi expulso pelo árbitro Evandro Tiago Bender.

Em desvantagem numérica, o técnico Marcelo Caranhato fez mais duas substituições: saíram os atacantes Wellington e PH, entraram Fabinho e Cesinha, também atacantes. Já Paulo Baier também reposicionou o time, trocando Gullithi por Hugo Ragelli e Diego Soares por Xaro.  

Golaço de fora da área

Mesmo com um a mais, o Próspera teve dificuldade para encontrar espaço. O time de Criciúma até tinha a bola, mas sem ameaçar o adversário - que fez a última substituição trocando Carlos Eduardo por Geovane. 

Coube ao atacante Gabriel criar a solução para desempatar a partida. Aos 22, a zaga do Hercílio Luz cortou mal um cruzamento na área e atirou para a intermediária. A bola caiu nos pés de Gabriel, que arrematou de longe e contou com desvio no meio do caminho para fazer o segundo gol do Próspera.

À frente no placar, o Próspera passou a administrar o jogo. O que não impediu de marcar o terceiro. Após cruzamento na área, Xaro não conseguiu concluir e a bola sobrou redonda para Maicon Santana completar para as redes.

Antes do apito final, o Hercílio Luz ainda teve tempo para descontar. Rafael Rosa aproveitou saída desastrada do goleiro Prezzi e chutou no ângulo. Final: Hercílio Luz 2x3 Próspera.

Ficha técnica para Hercílio Luz 2x3 Próspera

Competição: Campeonato Catarinense, 2ª rodada.

Data: Domingo, dia 28 de fevereiro.

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma.

Horário: 16 horas.

Arbitragem: Evandro Tiago Bender apitou o jogo, com Henrique Neu Ribeiro e Fabiano Coelho da Silva como assistentes.

Cartão amarelo: Sueliton, Jean Natal (PRO); Levi (HER).

Cartão vermelho: Levi (HER).

Gols: Jessé (3’ 1ºT), Gabriel (22’ 2°T) e Maicon Santana (39’ 2°T) (PRO). Renato Henrique (35’ 1°T) Rafael Rosa (46’ 2°T) (HER).

Hercílio Luz: Rafael Roballo; Carlos Eduardo (Geovane), Negretti, Rodolfo Mol e Rafael Rosa; Ruan Costa (Marlon), Luanderson e Renato Henrique; Levi, PH (Cesinha) e Wellington (Fabinho).

Técnico: Marcelo Caranhato

Próspera: Prezzi; Sueliton (Roger), Baiano (Lastra), Gullithi (Hugo Ragelli) e Diego Soares (Xaro); Jessé, Galiardo e Jean Natal (Leomir); Gabriel Henrique, Maicon Santana e Daniel.

Técnico: Paulo Baier

Leia mais sobre: