InternetData CenterAssinante

Camargo revela que sondou Paulo Baier e Ramon Menezes e quer contratar de dez a 12 jogadores

Executivo de futebol confirmou as informações em entrevista à Rádio Eldorado
Camargo revela que sondou Paulo Baier e Ramon Menezes e quer contratar de dez a 12 jogadores
Foto: Celso da Luz/Criciúma E.C.
Por Lucas Renan Domingos Em 03/05/2021 às 15:50

Nomes como Ramon Menezes e Paulo Baier estão na lista da diretoria do Criciúma para assumir o comando técnico do Tigre. A informação foi confirmada por Juliano Camargo, executivo de futebol do Criciúma, em entrevista ao programa Eldorado Debate, da Rádio Eldorado. O clube também possui a intenção de contratar de dez a 12 atletas para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C.

Camargo chegou ao clube na última quarta-feira, dia 28. Desde então conversou com pelo menos 20 treinadores de futebol. “Com o Ramon eu conversei e o Paulo Baier é um dos nomes na lista”, revelou. Outro nome que havia sido cogitado no Criciúma foi o de Tarcísio Pugliese, que trabalhou com o executivo de futebol no Ituano. “Eu não conversei com o Tarcísio”, pontuou.

A expectativa de diretoria é anunciar o técnico ainda durante esta semana. “Eu acredito que até quarta-feira seja um período que eu considero confortável”, projetou Camargo. O Criciúma volta a campo em menos de um mês. A estreia na Série C do Campeonato Brasileiro está marcada para o dia 30 de maio, no Estádio Heriberto Hülse.

Até lá, o Tigre vai se reforçar, garantiu o executivo de futebol. Atualmente o clube possui 14 jogadores na equipe profissional, todos remanescentes da campanha que terminou com o rebaixamento no Campeonato Catarinense.

“Eu acredito que o fator financeiro não seja um problema. Eu estava na Série B do Brasileiro. O que o Criciúma está oferecendo é maior do que clubes de Série B. Sobre o atraso nas contratações, eu não vejo problemas. Temos 14 atletas que estão aqui, supervisionados pelo Wilson (Wilsão, coordenador de futebol do Tigre). E nós desde quarta-feira estamos trabalhando nisso. Mas não vamos contratar antes da comissão técnico”, calculou.

O executivo também acredita na recuperação dos atletas que atualmente estão no clube. “Rebaixamento não quer dizer que não presta ninguém. Eu trabalhei em outros clubes onde fizemos boas campanhas e tinha nove atletas que contratei que foram rebaixados”, lembrou Camargo.

Recuperar o DNA do Criciúma

O perfil de atletas também já foi definido. “Eu não abro mão da competitividade”, frisou o executivo de futebol. Por isso, o Criciúma irá buscar jogadores que tenham o DNA do clube. “Eu conversei com o Wilson e a gente notou que o Criciúma tem que recuperar seu DNA de time aguerrido. Precisa ser um time que seja protagonista no jogo. Não é só ser reativo, tem que propor o jogo, tem que ser um time equilibrado, competir a partida inteira. O torcedor precisa se identificar com os jogadores e esse sentimento representado dentro de campo”, analisou.

Já para a contratação do técnico, Camargo elencou critérios. Um deles é ter o conhecimento da Série C nacional. “É importante [o técnico conhecer a competição], mas não é o principal critério. A gente avalia onde o técnico estava trabalhando, o trabalho que fez, quais atletas ele tinha à disposição para fazer este trabalho e ter essa ligação com o DNA do Criciúma”, completou.