InternetData CenterAssinante

Sábado Mais aquece vendas de Dia dos Namorados

Data é uma das mais esperadas pelo setor do varejo em 2021
Sábado Mais aquece vendas de Dia dos Namorados
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 12/06/2021 às 09:13

O horário estendido do comércio criciumense neste sábado, dia 12, oferecerá uma oportunidade a mais para os consumidores garantirem seu presente de Dia dos Namorados com segurança e tranquilidade. A segunda edição de Sábado Mais do mês coincide com a data comemorativa – uma das mais aguardadas pelo varejo durante o ano.

De acordo com o presidente da entidade, Tiago Marangoni, mesmo com um volume de vendas aquém ao Natal e ao Dia das Mais, os lojistas devem estar preparados. “A FCDL prevê que o tíquete médio de vendas gire entre R$ 101 e R$ 150, aquecendo o comércio especialmente de roupas, calçados, perfumes, cosméticos, flores, joias e acessórios”, evidencia ele. O Sábado Mais é uma iniciativa da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Criciúma, e tem o objetivo justamente de oferecer oportunidade de compra em um horário alternativo ao tradicional. Durante o dia, as lojas devem ficar abertas entre 9 horas e 17 horas, sem fechar ao meio-dia. 

Shoppings

Os shopping centers também deverão ser bastante procurados na hora da escolha dos presentes, como evidencia a Pesquisa de Intenção de Compras – Dia dos Namorados 2021, realizada pela Fecomércio SC. Segundo a apuração, os locais do tipo serão os segundos mais procurados pelos consumidores, com 23,4% das respostas, ficando atrás apenas do comércio de rua, com 53,7%.

“Acreditamos que as ações de combate à pandemia tomadas até aqui já começam a surtir efeito e, consequentemente, sentimos uma recuperação gradativa na economia, que vem atingindo também o varejo. Nós estaremos de portas abertas para o Dia dos Namorados, proporcionando aos nossos visitantes, opções de produtos e serviços de qualidade”, ressalta o diretor de Operações do Criciúma Shopping, Edmilson Martins.

A pesquisa também constatou que os consumidores catarinenses comprarão, principalmente, artigos de vestuário (39,9%), perfumes/cosméticos (18,4%) e calçados/bolsas (13,6%), com uma expectativa de gasto médio de R$ 142,62. “Estamos muito otimistas para a data e esperamos que as pessoas possam aproveitar com saúde e segurança”, finaliza Martins.