InternetData CenterAssinante

Hospitais franceses à beira do colapso

Governo adota medidas mais restritivas
Hospitais franceses à beira do colapso
Foto: Noah Yap
Por André Abreu Em 31/12/2021 às 11:58

A nova onda de Covid-19 causada pela variante Ômicron, aliada à resistência de muitos às vacinas, está causando novos episódios de quase esgotamento nas UTIs na França, como foi possível constatar em hospitais como o Delafontaine em Saint-Denis, nos arredores de Paris.

Os pacientes de Covid ocupam mais de metade das camas destas unidades, o que retira atenção a outros serviços também necessários. Os médicos deixam um aviso: As pessoas devem se vacinar. 

Em certos locais, o grande número de doentes está obrigando a transferência para outros hospitais. Há pacientes que chegam ao hospital de Antibes, na Côte d'Azur, que estão sendo transferidos para Lille, no Norte de França, a mais de mil quilómetros.

Os números de casos na França, atingiram recordes consecutivos esta semana, em termos de novos casos e o governo anunciou medidas mais restritivas para limitar a propagação do vírus. A nova variante é considerada mais contagiosa, mas também mais suave, sobretudo para aqueles que estão vacinados.

A partir de 15 de janeiro é obrigatório estar vacinado para entrar em restaurantes, bares, museus, teatros, seminários e feiras, assim como em ambientes esportivos. O trabalho remoto se torna obrigatório três dias por semana.

O governo cancelou as tradicionais cerimônias de Ano Novo

 

    Leia mais sobre: