InternetData CenterAssinante

Trilha do Farol recebe plantio de mudas em projeto de recomposição vegetal

No mês de março, a área costeira recebeu o plantio de 280 mudas de espécies nativas
Trilha do Farol recebe plantio de mudas em projeto de recomposição vegetal
Por Redação Engeplus Em 02/05/2021 às 15:19

Quem percorrer a Trilha do Farol perceberá mudanças no cenário. Na última semana, foram instaladas as placas informativas sobre a recomposição vegetal da área, ação que visa a preservação ambiental e restauração ecológica. O projeto é uma realização da SCPAR Porto de Imbituba e é executado pelo Instituto Nila, de Maracajá - SC.

No mês de março, a área costeira recebeu o plantio de 280 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica. Dentre elas, estão árvores de araçá, aroeira, guabiroba, pitanga e jacarandá. A escolha das espécies e locais de plantio foi feita de acordo com um estudo das características ecológicas, como a interferência marinha, presença de solo profundo e a pré-existência de outras espécies arbóreas. 

As placas ao longo do trajeto visam à conservação ambiental por parte dos turistas e visitantes locais. Por conta dos diversos caminhos que formam trilhas alternativas e acesso contínuo, o processo erosivo do solo arenoso intensifica-se, causando impactos nas vegetações e aos animais. Com a participação da sociedade, ficará mais fácil alcançar os objetivos esperados com a ação: diminuir a desintegração deste ecossistema e fomentar a sua restauração.

Os locais de plantio foram pré-selecionados pelo Instituto Nila em conjunto com a equipe técnica da SCPAR Porto de Imbituba e validados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA). A empresa de plantio também ficará a cargo de acompanhar o desenvolvimento das mudas ao longo de três anos, realizando a produção de relatórios.