Vida Rural

Vida rural

Safra de arroz no Sul do Estado é avaliada com boa expectativa

Números da safra 2017/2018 serão apresentados nesta quinta-feira, dia 17

15
MAI
2018
| 13h41
13h41
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

A 26ª Reunião de Avaliação da Safra do Arroz Irrigado no Sul Catarinense ocorre nesta quinta-feira, dia 17, promovida pela Epagri. O evento, que acontece no Centro de Treinamento da Epagri em Araranguá (Cetrar) vai apresentar à sociedade catarinense os primeiros números da safra 2017/2018 do grão na região. O encontro começa às 8h30 e segue até às 12h30. Na parte da tarde acontece uma reunião técnica onde os pesquisadores da Epagri apresentam ao público as novidades reveladas pelos recentes estudos científicos.

Douglas George de Oliveira, extensionista da Epagri e um dos responsáveis pelo evento, conta que a expectativa para esta safra é boa no Sul do Estado. “Os números devem se aproximar da safra 2016/2017, que foi a maior da história na região”, adianta Douglas. Naquele ciclo agrícola os municípios do Sul catarinense colheram, em média, 155 sacas de arroz por hectare. Douglas espera que o município de Araranguá chegue a superar essa média na avaliação de quinta-feira.

São aguardados cerca de 100 participantes, representantes dos diversos elos da cadeia produtiva do arroz, como cooperativas e engenhos particulares. Durante a reunião eles avaliam os números levantados pela Epagri e dão seu parecer sobre as realidades observadas nas propriedades produtoras. A partir daí é apurado um número que será enviado para consolidação no Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri (Epagri/Cepa).

O levantamento compreende 33 municípios, distribuídos entre Paulo Lopes e Passos de Torres. A região responde por 62% da produção catarinense de arroz, sendo o cereal um importante componente na receita total local.

Os bons números da safra de arroz no Sul do Estado são decorrentes do clima, que ajudou nos momentos certos, apesar de não ter sido a condição climática ideal observada em 2016/2017, que resultou na safra recorde. Outro fator importante foi a adoção de tecnologias por parte dos produtores. Mais de 50% das sementes plantadas na região são do cultivar SCS121 CL, desenvolvido pela Epagri. Ele se destaca pela resistência à brusone, boa produtividade e sobretudo pela capacidade de controle de plantas daninhas.

Colaboração: Gisele Dias - Epagri

Leia mais sobre: araranguá, epagri, avaliação, safra, arroz
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Nações Shopping apresenta Exposição Internacional DragõesProtestos no Sul causam desabastecimento Atletismo reúne cerca de 200 estudantes na pista da Unesc e encerra JescFuncionária de laboratório criciumense fez parte de esquema de falsificação'Não saí de minha empresa para ser coadjuvante', Flavio Rocha em CriciúmaA Bela e a Fera no palco do Teatro Elias Angeloni, em Criciúma