InternetData CenterAssinante

Projeto Terra Fértil estimula a conservação do solo e a capacitação dos agricultores de Urussanga

Recursos serão revertidos em iniciativas que auxiliarão os produtores
Projeto Terra Fértil estimula a conservação do solo e a capacitação dos agricultores de Urussanga
Foto: Divulgação
Por Redação Engeplus Em 10/11/2018 às 09:30

A Administração Municipal de Urussanga, por meio da Secretaria de Agricultura, em parceria com a Epagri, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, Sindicato Rural e com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento está desenvolvendo em Urussanga o Projeto Terra Fértil. A iniciativa tem o principal objetivo de difundir as técnicas de adubação verde e recuperação de solos degradados, através da capacitação de agricultores e da distribuição de sementes de plantas de adubação verde e de calcário. 

Ao todo, serão investidos R$ 106.700,00 em recursos do Governo Federal e Administração Municipal para a realização de três programas de fomento à conservação e recuperação de solos: Programa de Correção de Solo, Programa de distribuição de Kits de Adubação Verde de Verão e o Programa de Distribuição de Sementes de Aveia. 

Com o projeto serão distribuídas 180 toneladas de calcário dolomítico ensacado em sacos de 50 quilos, totalizando 792 sacos; 80 kits, sendo um kit por família com sementes de plantas de adubação verde de verão. Estes kits serão compostos por um saco de 25 quilos de sementes de Crotalaria ochroleuca e um saco de 25 quilos de sementes de mucuna preta ou cinza (Mucuna pruriens ); além de 162 sacas de aveia para agricultores, onde cada família terá direito a dois sacos.

“Uma boa conservação do solo diminui os gastos com insumos, aumenta a produtividade agrícola, e consequentemente o bem-estar da família rural. Para poder se incluir neste projeto, os produtores precisam passar por capacitações para a utilização correta dos insumos”, garante o extensionista rural da Epagri de Urussanga, Henrique Viana e Silva.

A primeira capacitação do projeto ocorreu na última semana com a realização do seminário “Adubação Verde e Conservação do Solo”. A iniciativa que faz parte do Programa Terra Fértil, contou com a participação de 74 agricultores do município. O evento contou com a palestra de Dr. Leandro do Prado Wildner, da Epagri de Chapecó.

“Este é um importante projeto para promovermos a capacitação dos nossos produtores e auxiliá-los na correta conservação do solo. O solo é o bem mais preciso de uma propriedade rural, por isso a importância de promover a sua qualidade e a garantia de uma boa safra. Nossos agricultores merecem este projeto”, enaltece o prefeito de Urussanga, Gustavo Cancellier.

Colaboração: Jéssica Pereira - Assessoria de Comunicação/ Município de Urussanga