navegue nos blocos da capa

Vida Rural

Comitê

Estados do Sul se unem para assegurar sanidade nos pomares de maçã

09
JUN
2017
| 16h52
16h52
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições

Os três estados do Sul já são grandes parceiros no fomento à produção de leite e nas discussões sobre a demanda por milho e agora estão prestes a criar o Comitê Interestadual de Sanidade da Pomicultura (Cisp), para defender a sanidade nos pomares de maçã. A portaria deve ser assinada pelos secretários da Agricultura de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul às 9 horas de terça-feira, dia 13, no Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar da Epagri (Epagri/Cepaf) em Chapecó.

A intenção do Comitê é propor medidas conjuntas para assegurar ações de vigilância e defesa de pragas e doenças quarentenárias que afetam a pomicultura. O Cisp funcionará como um órgão de assessoramento às entidades de defesa agropecuária dos três estados.

A maior preocupação dos produtores é erradicar o cancro europeu e manter a região livre da Cydia pomonella. Representantes do setor produtivo também farão parte do Comitê.

Os principais estados brasileiros produtores de maçã são Santa Catarina e Rio Grande do Sul, que juntos representam 94,9% da produção nacional e 94,4% da área em produção. Santa Catarina participa com 46% da produção brasileira e 48% da área em produção da fruta no país. 

Leia mais sobre: saude, vida rural
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
O brilho dos talentos no Unesc em DançaEm Nova Veneza, Fontana e mais oito personalidades são homenageadosTricolores dão resposta e superam os coloradosCriciúma 2x3 Inter e um baita jogo no HHPMDB elege nova Executiva em CriciúmaCasaPronta é opção para toda a família