InternetData CenterAssinante

A maior janela de transferências da história

Fenômenos além das quatro linhas
A maior janela de transferências da história
Foto: https://extra.globo.com/
Por Vitor Rizzatti Em 10/10/2021 às 11:30

O mundo do futebol nunca esteve tão agitado. Messi no PSG e Cristiano Ronaldo no Manchester United, já são suficientes para considerar que esta é a maior janela de transferências da história. 

Fenômenos além das quatro linhas: as camisas de Messi no PSG que custavam em torno de R$600,00 se esgotaram em 30 minutos após o anúncio do clube, com Cristiano Ronaldo, o site oficial do clube não aguentou os acessos, ficando fora do ar, e com sua foto publicada no Instagram os Red Devils ganharam mais de 3 milhões de seguidores em questão de algumas horas. 

Ver seu maior “rival’ no PSG ao lado de Neymar e Mbappe pode ter influenciado na decisão de CR7 de jogar na Premier League, sendo que coloca novamente Messi num time competitivo para voltar a ser o melhor jogador do mundo. 

Após 12 anos, Cristiano Ronaldo volta ao clube onde se tornou melhor do mundo pela primeira vez e com números expressivos, são 294 partidas e 120 gols com grandes títulos, entre eles, a Champions League temporada 2007/2008. 

Com pouco mais de 20 anos no clube catalão, Messi deixa o Barcelona com incríveis 672 gols, acumulando dez campeonatos espanhóis, quatro Champions League e três mundiais de clubes como títulos principais.  

Cristiano Ronaldo ou Messi? Uma pergunta que dura ao menos 10 anos, foram seis bolas de ouro para o argentino e cinco para o craque português. 
 
Perto do fim de suas carreiras, cabe a nós amantes do futebol, apenas reverenciar os dois maiores jogadores de todos os tempos. 

Há controvérsias.