navegue nos blocos da capa

Trânsito

Criciúma

Manifestantes protestam contra alta tarifa do transporte público

Protesto aconteceu no início da noite desta sexta-feira

12
AGO
2017
| 01h10
01h10
Amanda Garcia Ludwig
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Divulgação

Estudantes e professores se reuniram na noite desta sexta-feira para um protesto pacífico contra a alta tarifa do transporte público de Criciúma. Os manifestantes se encontraram na Praça Nereu Ramos a partir das 17 horas e no início da noite seguiram em direção ao Terminal Central, onde conversaram com passageiros e também protestaram por uma série de mudanças.

De acordo com um dos organizadores do protesto, Gabriel da Silveira Angelo, os participantes entraram no terminal através da entrada dos ônibus amarelinhos. "Isso gerou certa tensão, mas o ato em si foi considerado muito bom e positivo. Não tivemos registro de depredação do patrimônio público ou de violência", destaca.

Na segunda-feira a organização se reunirá no Colegião às 19 horas para um balanço das últimas ações e para determinar os próximos passos do movimento. "Sabemos que a luta não para por aqui, e temos um longo caminho pela frente", afirma Angelo.

Nesta noite, os manifestantes conseguiram cerca de 500 assinaturas para o abaixo-assinado que será entregue à Câmara de Vereadores. No total, o documento já soma cerca de quatro mil assinaturas. "Pedimos uma nova política de mobilidade para a cidade, a municipalização do sistema de transporte público e o passe livre", afirma.

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Caminhão é recuperado através de rastreamento via satéliteEscola Dionízio Milioli: 30 anos de história em CriciúmaDuas pesquisas nos bastidores da feiraCâmara da Mulher Empresária celebra 20 anos de atuação Comunidade quer mais compensações ao CASE e PenitenciáriaOs bonecos de neve de Lauro Müller