InternetData CenterAssinante

Startup cria ferramenta para gestão de resíduos da construção civil

A iResíduos é fruto de pesquisa acadêmica
Startup cria ferramenta para gestão de resíduos da construção civil
Por Redação Engeplus Em 25/10/2021 às 20:26

A startup catarinense Eloverde está agregando à sua plataforma de gestão de resíduos, um novo módulo para o setor de construção civil. A novidade é resultado da compra de outra greentech, a paranaense iResíduos, que faz monitoramento, análise e gestão de resíduos para construtoras.

A integração das duas plataformas está em processo de finalização e em breve estará disponível para o mercado, como EloConstruction. A ferramenta aumenta ainda mais a base de atuação da Eloverde, com foco específico no mercado gigante da construção civil, realizando o monitoramento da gestão de resíduos, desde o canteiro de obras até a destinação final.

A ferramenta vai permitir uma verdadeira otimização de recursos para seus clientes, através do cruzamento de informações contidas nos Controles/Manifestos de Transporte de Resíduos (MTR’s), com o banco de dados da Plataforma, gerando uma série de informações cruciais para a boa gestão de resíduos sólidos da construção, quantificando desperdícios de material e gerando economia no uso de insumos. “Ele desmistifica a gestão ambiental como algo que corre em paralelo, pelo contrário, a ferramenta consegue se alinhar ao core business da empresa, permitindo uma real economia de materiais de alto valor”, explica o fundador da Iresíduos, Caio Dalla Zanna.

Como o seu fundador ressalta, o objetivo é ir além do simples preenchimento de MTR’s e proporcionar ganhos reais. Com isso, a EloConstruction permite às empresas trabalharem os resíduos como custo de desperdício de materiais, indo além da gestão da operação de transporte e destinação dos resíduos. Ganha a empresa e ganha o meio ambiente, com menos insumos utilizados e com isso, menos resíduos gerados. “A empresa consegue medir em tempo real todos os processos relacionados aos resíduos, podendo colocar metas para reduzir desperdícios, comparar o desempenho de diferentes obras e multiplicar as boas práticas”.

“Os resíduos da construção civil representam mais da metade do volume dos resíduos sólidos destinados no país. Soluções que ajudam mitigar, reduzir e melhorar impactos ambientais sempre estiveram no radar da Eloverde. A aquisição da iResíduos reforça ainda mais a estratégia da empresa para se transformar em referência na nova era da sustentabilidade e da economia circular”, afirma André Felipe Fraga, CEO da Eloverde.

 

iResíduos nasce da pesquisa acadêmica

Como muitas outras greentechs mundo a fora, a iResíduos é fruto de pesquisa acadêmica. Nasceu após a conclusão da tese de mestrado do Cientista Ambiental, Caio Dalla Zanna. Já consolidada como uma plataforma inovadora e escalável, o sistema se conecta à pegada sustentável da Eloverde.

“Em 2012, pensando na recém criada Política Nacional de Resíduos, coloquei esse desafio no meu projeto de pesquisa, onde o desafio era desenvolver uma metodologia para gerenciar o resíduo da construção civil”. A pesquisa foi realizada, gerando um MVP (Produto Mínimo Viável) que teve testado em parceria com uma construtora de Londrina, que mais tarde virou a primeira cliente do iResíduos.

A Eloverde é uma startup catarinense que atua na digitalização da gestão ambiental, disponibilizando soluções que aumentam a performance de consultorias ambientais, indústrias, transportes e destinadores de resíduos, integrando colaborativamente a cadeia ambiental.