InternetData CenterAssinante

Carvoeiros Robots garante vaga em etapa nacional

Torneio de robótica da First Lego League (FLL) irá ocorrer em São Paulo
Carvoeiros Robots garante vaga em etapa nacional
Foto: Divulgação
Por Redação Em 12/02/2020 às 19:25

A equipe Carvoeiros Robots do SESI SENAI de Criciúma está classificada para a etapa nacional do torneio de robótica da First Lego League (FLL). Os classificados foram conhecidos no último sábado, durante o encerramento da fase regional da competição, realizada no SESI em Jaraguá do Sul. As alunas Ana Julia Caciatori, Beatriz Cirimbelli, Sofia Scarci e Julia Colombo, sob a coordenação do professor Cleber José Marinho, conquistaram o 3º terceiro lugar, e estão classificadas para a próxima etapa que irá ocorrer nos dias 6, 7 e 8 de março, em São Paulo.

"Para quem vive a tecnologia é indescritível participar do FLL, pois é um lugar onde podemos observar os alunos desenvolvendo habilidades. Com a classificação, nosso trabalho será redobrado. Serão 100 equipes na disputa, então precisamos nos aperfeiçoar, melhorar alguns aspectos do robô, pontuação e desempenho. Esperamos o apoio da prefeitura para colocar em prática o projeto", comenta o professor. A proposta apresentada envolve a produção de paver pigmentado para ser utilizado na confecção de faixas de pedestres, uma ideia que pretende melhorar a mobilidade urbana e gerar economia, devido a maior vida útil do material.

As estudantes foram avaliadas em quatro categorias: Desafio Robô, Design Robô, Projeto de Inovação e Core Values, cada uma tem suas particularidades e objetivos, o que leva a equipe a projetar novos passos. "Agora nós queremos focar mais no robô, melhorar o desempenho dele", conta Beatriz, de 14 anos. Para a estudante Sofia, de 12, a competição foi uma descoberta. "Eu nunca havia participado, então foi algo diferente, mas muito divertido", comenta.

Ana Julia e Julia, de 15 e 13 anos, contam que a competição envolve paciência e persistência. "Essa etapa foi bem difícil, mas saber que depois de tantos meses de trabalho nosso projeto foi reconhecido, é muito legal", ressalta Julia. As alunas treinam 20 horas semanais, no dia da competição, elas precisam executar as missões dentro do tempo estipulado. "Temos 5 minutos para arrumar o robô, depois são 2h30min para executar as missões do torneio", completa Ana Julia.

Saiba mais

A disputa nacional será realizada em São Paulo, de 6 a 8 de março, e reunirá 100 equipes de todo o país. Em Santa Catarina, 36 equipes de escolas públicas, privadas e da rede SESI SENAI participaram do torneio, representando 23 municípios. A realização do evento contou com o apoio de 100 voluntários, entre eles, colaboradores da Weg e 50 juízes. Cerca de 1,5 mil pessoas passaram pelo evento.

Colaboração: Clara Fernandes