InternetData CenterAssinante

Criciúma investe para ser referência em Cidade Inteligente no Estado

Município sediará o 4º Congresso Catarinense de Cidades Digitais
Por Redação Engeplus Em 27/02/2019 às 15:10

Município polo no Sul de Santa Catarina, Criciúma também quer se tornar referência na área de Cidades Inteligentes. São diversas inovações em andamento na sede do 4º Congresso Catarinense de Cidades Digitais, principal encontro voltado para debater soluções para a gestão pública. O evento, marcado para os dias 21 e 22 de março, é organizado pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de Criciúma.

Além de estimular a modernização dos municípios do Estado, é visto como estratégico também para fomentar melhorias nas localidades da região. “Existem inúmeros recursos e soluções que podem se adaptar à realidade das localidades, independente do seu tamanho. Acho que será uma forma dos gestores da região pensarem em soluções que favoreçam o cidadão. O congresso vem ao encontro com esse olhar de Criciúma para tecnologia e o desejo de ser referência”, destaca o diretor de Tecnologia da Informação (TI), Tiago Pavan.

Pavan conta que desde 2017 diversas secretarias foram informatizadas, passando pelas finanças do município até a Saúde e a Educação. São ferramentas e softwares que visam maior controle de gestão e facilidades para servidores e população. As chamadas em sala de aula, por exemplo, já são feitas no ambiente virtual, assim como as demais atividades pedagógicas e administrativas poderão ser impulsionadas através de uma parceria fechada em dezembro com a Google para uso do G Suite, sem custos para o município.

“Com o classroom os dois mil professores poderão compartilhar trabalhos, aulas, relatórios, formulários, além da possibilidade de abrir esse ambiente virtual para os alunos. Pretendemos ainda disponibilizar um portal para pais e alunos, sendo possível acompanhar diversas informações como boletim escolar, frequência, desempenho, cardápio, entre outras”, explica.

Criciúma também aprovou, em outubro de 2018, a Lei de Inovação, garantindo recursos para fomentar as atividades tecnológicas e de inovação no município, que tem cerca de 211 mil habitantes. “Criciúma é polo industrial e precisamos estar à frente, recuperar um pouco do tempo perdido. No Sul temos uma necessidade muito grande de se adequar a tudo que a tecnologia tem a oferecer. Queremos fomentar esse ecossistema e o congresso será a oportunidade para que os gestores da nossa região possam se espelhar, trocar experiências. Vai despertar a vontade de fazer mais”, frisa o diretor de TI.

 

Wifi livre

Inspirado no modelo lançado em São Paulo e Florianópolis, Criciúma também se prepara para lançar um edital com a meta de implantar sinal gratuito de internet nos principais pontos da cidade, como parques, praças e prédios públicos. O modelo previsto é de uma parceria público-privada, sem ônus para o município.

 

O congresso

O 4º Congresso Catarinense de Cidades Digitais será realizado na Associação Empresarial de Criciúma e é direcionado para prefeitos, gestores e vereadores interessados em conhecer novidades, serviços de mercado e modelos em andamento nos municípios. As inscrições, gratuitas para servidores públicos, podem ser feitas pelo http://congressosc.redecidadedigital.com.br.

O evento tem o patrocínio master da Inovadora, PlayTable e CELK Sistemas; ouro da 1Doc, além do apoio do Hotel Ibis Criciúma e Interclass Hotel, da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC), Associação Brasileira de Empresas de Soluções de Telecomunicações e Informática (ABEPREST), Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), da Associação Catarinense de Provedores de Internet (Apronet) e da Associação Empresarial de Criciúma (ACIC).

Colaboração: Decom