InternetData CenterAssinante

Curso de Teatro da Unesc vive momento histórico com primeiro espetáculo apresentado ao público

Acadêmicos da 4ª fase atuaram na peça 'Um homem é um homem'
Curso de Teatro da Unesc vive momento histórico com primeiro espetáculo apresentado ao público
Foto: Mayara Cardoso
Por Redação Em 28/06/2019 às 21:30

Ao interpretar um clássico do teatro, a turma da quarta fase do curso de Bacharelado em Teatro da Unesc marcou de forma brilhante sua trajetória profissional. O grupo apresentou, na noite de quinta-feira, dia 27, a peça “Um homem é um homem” de Bertolt Brecht, dramaturgo alemão, no Auditório Ruy Hülse para o público externo, acadêmicos, professores, colaboradores e familiares. Esse foi o primeiro grande espetáculo apresentado pelo curso, fundado em 2017.

A trama apresentada pelos acadêmicos foi muito além do entretenimento e, em suas entrelinhas, tratou sobre a possibilidade de manipulação do homem por meio do poder e da ideologia da guerra. Responsável por propor e, aliado a outras disciplinas, preparar a apresentação, o professor Eduardo Osorio Silva, se encheu de orgulho não só pelo resultado final visto no palco, mas pela forma como os alunos se interessaram pelo tema e foram a fundo nos estudos para interpretá-lo da melhor forma. “Eles logo se identificaram e se engajaram no tema. Estavam todos com a dizer e isso é algo extremamente importante. Você chega para contar algo que diz algo para a sua vida”, salientou.

Apesar de muitos dos estudantes estarem iniciando no ramo, de acordo com Eduardo, todo o processo da arte está sendo bem entendido e realizado pela turma. “Eles foram ótimos no palco e estão só começando suas carreiras como atores e atrizes. Esses são os primeiros passos e eles estão se relacionando com a arte de uma forma que vai muito além da estética no seu sentido mais superficial da palavra. Não é algo bonito, é algo que se quer estudar, construir conhecimento sobre o tema, levar para as outras pessoas, receber o feedback e multiplicar”, pontuou.

Para a coordenadora do curso, Katiúscia Angélica Micaela de Oliveira, o sentimento foi de orgulho e emoção ao perceber a superação dos alunos. “Alguns deles já atuam em espetáculos, já são profissionais, mas outros ainda não haviam tido essa experiência no palco. A graduação recebe todos os perfis. Na peça pude perceber em cada um as mudanças na dicção, na presença de palco e nas questões corporais, evoluindo muito desde as apresentações feitas em sala de aula ao longo dos semestres até agora”, salientou.

Em 50 minutos de cenas que deixaram os expectadores envolvidos na história, os estudantes interpretaram diferentes papeis, o que, conforme Katiúscia, deixou o trabalho ainda mais desafiador. “Dessa forma eles puderam sentir de diferentes ângulos a importância do protagonista e do coadjuvante, vendo, na prática, a importância de cada um para o resultado final”, completou.

A noite representou mais uma vitória para o curso que, mesmo ainda jovem, tem muitas pretensões. “Temos o objetivo de realizar um espetáculo por semestre. Esse tipo de trabalho une diversas disciplinas como sonoplastia, cenografia e dramaturgia e ainda agrega ao perfil que passará a integrar os focos do curso: o da organização de eventos”, declarou a coordenadora.

Colaboração : Assessoria de Imprensa Unesc

Leia mais sobre: