InternetData CenterAssinante

Tecnologia e inovação são aliadas quando o assunto é segurança pessoal e patrimonial

Aplicativo e sistema de portaria remota são as novas tendências no mercado de segurança
Tecnologia e inovação são aliadas quando o assunto é segurança pessoal e patrimonial
Por Redação Engeplus Em 08/02/2021 às 13:42

Tecnologia e inovação aliadas para garantir a integridade e segurança de bens patrimoniais e da vida de pessoas, tudo na palma da mão através de um smartphone ou tablet. O que era algo impensável há cerca de 10 anos, já é uma realidade atualmente e está cada vez mais em expansão. Prova disso são os aplicativos que chegam ao mercado e integram segurança, gestão de condomínio e controle de tudo em um só local.

Voltada para condomínios verticais e horizontais, instituições, empresas e indústrias de qualquer segmento, a ferramenta é compatível com os sistemas operacionais Android e iOS, além de computadores. Quem explica é o diretor-presidente do Grupo T&K, Davi Teixeira, que trouxe a inovação para Criciúma e região, oferecendo a seus clientes uma plataforma inédita chamada de ‘Condomínio Inteligente’.

Após muitos estudos, pesquisas de mercado e até análise do cenário internacional, foi possível firmar parcerias e viabilizar o sistema de forma pioneira. “A tecnologia já está sendo implantada e a receptividade tem sido muito positiva. Imagine você poder monitorar e ter um controle de gestão da sua casa ou empresa direto pelo celular. É uma inovação que facilita o dia a dia das pessoas, além de deixá-las mais seguras”, afirma Teixeira.

Entre as funções do aplicativo estão: reserva do salão de festas; acesso às imagens das câmeras em tempo real ou pós-gravação (elas ficam armazenadas em nuvem por 30 dias); atualização de dados dos moradores ou colaboradores de cada unidade a qualquer momento (pets e veículos também são cadastrados); síndicos podem compartilhar arquivos com os moradores (comunicados e atas de reuniões, por exemplo); entre outras.

“É possível liberar o acesso para familiares, amigos, clientes e fornecedores por meio de QR code. Receber encomendas com a abertura de portas remotamente e também serve para portões de garagem. Com o sinal de pânico, a pessoa pode enviar a localização para contatos previamente cadastrados e informar que está em perigo, enfim, são diversas funcionalidades”, comenta o diretor.

Opção para quem não abre mão da portaria física

Graças a inovação e tecnologia, hoje também é possível instalar estruturas e programas e prestar serviços de monitoramento em até 30 dias, o que antes podia levar mais de 90 dias. Seja em empresas, indústrias, instituições, casas, prédios ou condomínios, comerciais ou residenciais, verticais ou horizontais, o sistema de portaria remota é um bom aliado na hora de garantir a segurança de moradores, funcionários e do próprio patrimônio.

“A portaria remota é uma ferramenta do futuro na área de segurança eletrônica. Hoje, esse serviço é conhecido em todo o Brasil e nossa empresa foi uma das pioneiras em Santa Catarina. Trata-se de um sistema revolucionário que estabelece uma comunicação segura do empreendimento com uma central de monitoramento que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, isso para o controle de acesso de pessoas e veículos”, destaca Teixeira.

Entre os benefícios estão: baixo custo de investimento quando comparado ao sistema de vigilância humana; segurança monitorada 24 horas, sem chance de cochilos, faltas, afastamento, férias ou substituição de funcionários; inclusive, quando se fala em segurança humana, o vigilante é o primeiro e principal alvo no momento de um assalto, o que não existe no sistema de portaria remota, já que o monitoramento é feito à distância, de forma eletrônica.

O sistema de portaria remota oferece, ainda, suporte e manutenção por parte da empresa a qualquer momento; apoio tático em situações de risco, como disparos de alarme e possíveis ações criminosas; controle de acesso; identificação da entrada e saída de pessoas e veículos; ligação da biometria (impressão digital) do morador com o sistema, sendo que só entram pessoas autorizadas através da biometria cadastrada; e muito mais.