InternetData CenterAssinante

Preso na operação ‘Luz na Infância’ estava foragido desde 2009

Criminoso, de 53 anos, é condenado por estupro de vulnerável
 Preso na operação ‘Luz na Infância’ estava foragido desde 2009
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Por Thiago Hockmüller Em 18/02/2020 às 15:32

A Polícia Civil de Criciúma realizou duas prisões na manhã desta terça-feira, dia 18, como desdobramento da operação “Luz na Infância”. Um deles, capturado no bairro Boa Vista, estava foragido desde 2009 por condenação pelo crime de estupro de vulnerável. O outro, detido no Centro, tem 30 anos de idade e não possui antecedentes criminais. 

A operação faz parte de uma força-tarefa nacional de combate aos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes na internet. Houve nove prisões no Estado, além do cumprimento de 16 mandados de busca e apreensão.  

Em Criciúma, além das duas prisões, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami), em ação coordenada pelo delegado Fernando Henrique Guzzi, com apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC). 

Segundo informações da Dpcami, nas residências dos investigados foram apreendidos aparelhos eletrônicos contendo material pornográfico infantil. Ambos serão autuados em flagrante pela prática do crime de armazenamento das mídias. 

O criminoso detido na área Central do município, pego com menor quantidade de material, pagou fiança e foi liberado. Já o outro foi encaminhado ao Presídio Regional de Criciúma, devendo responder ao crime preso, além de cumprir a pena referente ao crime de estupro. 

A operação contou com a participação do Instituto Geral de Perícias (IGP). 

Leia mais sobre: