InternetData CenterAssinante

Incêndios e acidentes de trânsito estão entre as ocorrências mais atendidas pelo 8º BBM no carnaval

Municípios mais atingidos foram Laguna, Tubarão, Imbituba, Garopaba e Capivari de Baixo
Incêndios e acidentes de trânsito estão entre as ocorrências mais atendidas pelo 8º BBM no carnaval
Foto: Arquivo Engeplus
Por Redação Em 26/02/2020 às 17:38

O 8° Batalhão de Bombeiros Militar (8°BBM) divulgou nesta quarta-feira, dia 26, o resultado da Operação Carnaval 2020. Conforme o bombeiro foram atendidas 287 ocorrências, sendo os mais atingidos, os municípios de Laguna (74), Tubarão (52), Imbituba (44), Garopaba (33) e Capivari de Baixo (25). Já os tipos de ocorrência mais atendidas foram o atendimento pré-hospitalar (158), incêndios (57) e acidentes de trânsito (48).

Nos 21 municípios da área do 8°BBM, estiveram 370 bombeiros em serviço, uma média de 61 por dia nos dez quartéis operacionais da região. De acordo com o bombeiro, em prontidão estavam 12 viaturas de combate a incêndio e 12 ambulâncias. 

Já nas praias, o movimento foi intenso, e as condições do mar também estavam ruins para o banho. Nos quatro municípios litorâneos, que são Garopaba, Imbituba, Laguna e Jaguaruna, atuaram 737 guarda-vidas em 60 postos. A prevenção foi estratégica e foram registrados 34.314 ações preventivas. As queimaduras por água viva se destacaram novamente e foram registrados 1.499 casos. Em 18 casos os guarda-vidas precisaram retirar as vítimas da água (arrastamentos), sendo que uma foi encaminhada ao hospital (já foi liberada). 

No período foram registradas duas mortes por afogamento, ambas em área não protegida pelo serviço de salvamento aquático. No sábado, um rapaz de 25 anos se afogou na lagoa do meio, na Praia do Rosa, em Imbituba, sendo retirado pelos guarda-vidas e encaminhado de helicóptero ao Hospital de Tubarão, vindo a falecer no mesmo dia. O segundo caso foi registrado no domingo, em São Martinho em uma cachoeira dentro de uma Pousada. A equipe de mergulho que estava em prontidão encontrou o corpo da vítima, um homem de 35 anos, já em ausência de sinais vitais.

O Corpo de Bombeiros Militar de Tubarão considera o balanço muito positivo, visto a grande demanda de serviço no período, sendo todos atendidos dentro do esperado. As mortes por afogamento fora da área protegida apenas reforçam a orientação à comunidade de procurar as áreas guarnecidas, visto e impossibilidade de guarnecer todos os balneários existentes.