InternetData CenterAssinante

Durante a pandemia da Covid-19, PM atendeu 225 casos casos de violência doméstica

Números são das cidades de Criciúma, Forquilhinha, Nova Veneza, Treviso e Siderópolis
Durante a pandemia da Covid-19, PM atendeu 225 casos casos de violência doméstica
Foto: Thiago Hockmüller/Arquivo Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 27/05/2020 às 11:03

A Polícia Militar (PM) atendeu 225 casos de violência doméstica nos últimos 68 dias. Os dados são de 19 de março, dia em que iniciou o isolamento social em razão do coronavírus em Santa Catarina, até 25 de maio. Os números são das cidades de Criciúma, Forquilhinha, Nova Veneza, Treviso e Siderópolis. 

De acordo com o chefe da Seção de Operações do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), major PM Rafael Mateus, no mesmo período em 2019, foram atendidas 238 casos de violência doméstica, ou seja, 13 a mais que neste ano.

O 9º BPM possui a Rede Catarina de Proteção à Mulher que visa fiscalizar o agressor e também trazer assistência às vítimas. Atualmente são 67 mulheres assistidas pelas três guarnições responsáveis pelos atendimentos e cada uma delas possui uma policial militar mulher para que ela possa ajudar e trazer mais confiança as mulheres que foram agredidas.

 

Leia mais sobre: