InternetData CenterAssinante

Dois são presos no caso Joãozinho Bellucco

Polícia Civil cumpriu dois mandados na manhã desta quarta-feira, dia 22
Dois são presos no caso Joãozinho Bellucco
Foto: Rádio Marconi/Colaboração
Por Thiago Hockmüller Em 22/01/2020 às 13:37

Duas pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira, dia 22, por suposto envolvimento no caso envolvendo a morte do taxista Joãozinho Bellucco em Urussanga. De acordo com informações da Rádio Marconi, os mandados foram cumpridos no bairro De Villa e outro em Cocal do Sul.  

A operação que ocorreu por volta das 6h30min. O corpo de Bellucco foi encontrado no último sábado, dia 18. Ele estava desaparecido desde o dia 14, quando deixou a sua casa no Centro do município para uma corrida no bairro De Villa.   

O corpo foi encontrado no interior do município, em uma mata na localidade de Morro da Lagoa, e recolhido pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). O carro utilizado por Bellucco, um Fiat Siena branco, já havia sido encontrado incendiado na última quarta-feira, dia 15, no bairro Figueira.  

Naquele mesmo dia uma equipe de mergulho dos bombeiros realizou buscas na barragem que fica próxima onde o carro foi localizado. Às margens, a PM também procurou vestígios que levassem até o taxista, porém, sem sucesso.   

Leia mais

Taxista de Urussanga está desaparecido

Carro de taxista é encontrado incendiado no interior de Urussanga

Taxista Joãozinho Bellucco segue desaparecido

Taxista segue desaparecido e família lamenta falta de informações

Corpo encontrado em Urussanga é do taxista Joãozinho Bellucco