InternetData CenterAssinante

Dois homens presos em outros estados na Operação Oxigênio são transferidos para Santa Catarina

Um terceiro envolvido continua preso no Rio de Janeiro
Dois homens presos em outros estados na Operação Oxigênio são transferidos para Santa Catarina
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Por Rafaela Custódio Em 09/06/2020 às 07:50

Dois homens que foram presos em São Paulo e Rio de Janeiro durante a segunda fase da Operação Oxigênio no caso dos respiradores foram transferidos para Santa Catarina na noite dessa segunda-feira, dia 8. 

Segundo a Polícia Civil, um dos presos foi trazido do Rio de Janeiro em um avião da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e desembarcou no aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis. Em seguida, policiais civis da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) o encaminharam para a sede da instituição, em São José. O outro homem foi transportado pelo Departamento de Administração Prisional (DEAP) via terrestre de São Paulo. Um terceiro homem preso continuará preso no Rio de Janeiro em razão de atestado médico.

O ex-secretário da Casa Civil de Santa Catarina, Douglas Borba, foi preso preventivamente na manhã do último sábado, durante a segunda fase da Operação Oxigênio. Além dele, o advogado Leandro Barros também teve a prisão preventiva cumprida no último fim de semana. A força-tarefa está sendo realizada entre Polícia Civil, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Leia mais

Prisões na Operação Oxigênio aconteceram para evitar destruição de provas

Ex-secretário da Casa Civil, Douglas Borba é preso durante a segunda fase da Operação Oxigênio

Força-tarefa apura denúncia de superfaturamento e pagamento adiantado na compra de respiradores

Helton Zeferino pede exoneração do cargo de secretário de Estado da Saúde de Santa Catarina

Em coletiva, Governo do Estado justifica pagamento antecipado de R$ 33 milhões por respiradores

Caso dos respiradores: servidora exonerada afirma que empresa foi definida de forma antecipada

Força-tarefa cumpre 35 mandados de busca e apreensão e sequestro de bens

Os detalhes da operação relacionada a compra de respiradores pelo Governo do Estado

Douglas Borba pede exoneração e deixa Secretaria da Casa Civil

Respiradores adquiridos junto à Veigamed são entregues para a Secretaria de Estado da Saúde