InternetData CenterAssinante

Imagem do momento em que Brenda desaparece foi apagada do sistema de segurança

Menina tinha 14 anos e foi encontrada morta com diversos ferimentos provocados por faca
Por Rafaela Custódio Em 16/09/2019 às 10:27

A Polícia Civil iniciou as investigações do desaparecimento da adolescente Brenda Rocha Carvalho, de 14 anos, na última sexta-feira, quando a família relatou o desaparecimento da estudante em Maracajá. No sábado pela manhã, o corpo dela foi encontrado em Passo de Torres em uma plantação de eucalipto. Ela estava com diversos ferimentos no rosto, mãos e outras partes do corpo, todos provocados por arma branca. 

Em entrevista a Rádio Araranguá, o coordenador e delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC),  Lucas Fernandes da Rosa relatou que a menina desapareceu enquanto retornava para a casa na sexta-feira por volta das 18 horas, próximo ao Centro Esportivo Municipal Antonio da Rocha, em Maracajá. “Fomos até Maracajá para identificar os pontos por onde a adolescente teria passado. Conversamos com o responsável pelo ginásio e ele cedeu algumas imagens, entretanto, uma imagem principal, onde possivelmente conseguiríamos solucionar o caso, não foi possível o acesso, pois a senha dele não era habilitada para abrir o arquivo”, explicou. 

O delegado relatou que conversou com a empresa responsável pelas imagens da câmera de segurança, mas não obteve êxito nas filmagens. Um técnico especializado da empresa prestadora de serviços da prefeitura municipal de Maracajá esteve no Centro Esportivo Municipal Antonio da Rocha para analisar as imagens. “Foi me repassado que a imagem foi apagada. Tem todas as imagens de todos os dias, menos do dia e do horário que a menina passou por lá. Agora, a própria empresa diz que vai tentar recuperar”, pontuou. Ainda conforme o delegado, não é possível precisar se a vítima foi raptada ou ingressou em algum veículo espontaneamente.