InternetData CenterAssinante

Comarca de Turvo passa a integrar o programa Rede Catarina de Proteção à Mulher

Solenidade aconteceu na terça-feira, dia 30
Comarca de Turvo passa a integrar o programa Rede Catarina de Proteção à Mulher
Foto: Divulgação
Por Redação Em 31/07/2019 às 18:30

A comarca de Turvo, na região do extremo sul catarinense, é mais uma unidade a integrar a Rede Catarina de Proteção à Mulher. A solenidade de lançamento do programa na unidade aconteceu na terça-feira, dia 30.

O juiz Manoel Donisete de Souza,  titular da Vara Única da comarca e diretor do foro, salientou, em sua fala, a elevada importância do projeto como instrumento para a redução dos índices criminais da comarca de Turvo no que diz respeito à violência contra as mulheres. As ações não irão se limitar à cidade de Turvo, mas alcançarão os demais municípios abrangidos pela comarca - Ermo, Jacinto Machado e Timbé do Sul.

Desenvolvido pela Polícia Militar de Santa Catarina, a Rede Catarina conta com o apoio e participação do Poder Judiciário, Ministério Público, OAB, Polícia Civil e, localmente, do Conselho Tutelar e do município de Turvo. Participaram do evento, entre outras autoridades, o prefeito de Turvo, Tiago Zilli; o tenente-coronel Maike Adriano Valgas, comandante do 19º Batalhão da Polícia Militar de Araranguá; e a presidente da subseção da OAB de Turvo, Patricia Velho da Silva.

Colaboração: Jornalista Fernanda de Maman

Leia mais sobre: