InternetData CenterAssinante

Após roubar armas da delegacia, disparar em via pública e roubar veículo, homem é preso pela PRF

Suspeito foi preso com uma das armas, diversas munições e uma motocicleta roubada
Após roubar armas da delegacia, disparar em via pública e roubar veículo, homem é preso pela PRF
Foto: Instagram / @sombriopmsc
Por Heitor Carvalho Em 23/05/2019 às 16:32

Na tarde desta quinta-feira, dia 23, o suspeito de furtar duas armas de fogo na Delegacia da Polícia Civil de Santa Rosa do Sul durante a madrugada, e com elas ter realizado disparos em via pública e roubado um veículo próximo a BR-101, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Rio Grande do Sul. No momento da prisão, o homem estava de posse de uma das armas, diversas munições e uma motocicleta roubada.

Horas antes de realizar a prisão, a Polícia Militar (PM) de Sombrio, deixou a pupulação a par da situação através da divulgação das seguintes informações:

INFORMAÇÃO: Polícia Militar esclarece

Em atenção a preocupação da população de Santa Rosa do Sul e região quanto aos fatos ocorridos na data de hoje, 23, a Polícia Militar de Sombrio informa o seguinte:

  1. Na madrugada desta quinta-feira, 23, houve o furto de duas armas de fogo na Delegacia da Polícia Civil de Santa Rosa do Sul;
  2. Após o furto, houve duas ocorrências de disparo de arma de fogo em via pública e pela manhã, um roubo de veículo próximo a BR 101, ambas as ocorrências na cidade de Santa Rosa do Sul e tendo como suspeito o autor do furto das armas;
  3. A Polícia Militar e a Polícia Civil já identificaram o suspeito e estão realizando diligências para localiza-lo e prendê-lo;
  4. As aulas das escolas municipais e estaduais da cidade de Santa Rosa do Sul foram suspensas de forma preventiva;
  5. Não há qualquer informação de ataque contra escolas, prédios públicos ou pessoas, a suspensão das aulas é apenas preventiva, não havendo necessidade de preocupação.

Qualquer informação poderá ser obtida através das redes sociais da Polícia Militar.

Pedimos para que não ocupem o telefone de emergência da Polícia Militar com ligações desnecessárias e tampouco repassem informações inverídicas que causem confusão e pânico.