InternetData CenterAssinante

Após quatro dias, jovem baleado no rosto morre no hospital

Polícia Civil investiga o caso que agora se trata de duplo homicídio
Após quatro dias, jovem baleado no rosto morre no hospital
Foto: Divulgação/Rede Social
Por Jessica Rosso Em 17/09/2019 às 16:36

Wenner Oliveira Dias de 19 anos, morreu na madrugada desta terça-feira, dia 17, no Hospital São José, em Criciúma. O jovem foi vítima de uma tentativa de homicídio na quinta-feira, dia 12, ao ser baleado no rosto.

Ele foi localizado no banco do carona de um Chevette,  na rodovia José Tiscoski, em Balneário Gaivota. O jovem foi socorrido e encaminhado ao Hospital Dom Joaquim de Sombrio, em estado grave, e depois transferido para o hospital em Criciúma. 

Conforme informações apuradas pela Rádio Araranguá, a Policia Civil de Sombrio continua investigando o caso que agora se trata de um duplo homicídio. “Iniciamos a investigação já naquela madrugada, onde também requisitamos as perícias e a coleta de elementos, informações e dados que possam levar a autoria dos crimes”, afirmou o delegado Luís Otávio Pohlmann, que não se descarta nenhuma hipótese.

Relembre o crime

A noite de quinta-feira, dia 12, foi de violência em Balneário Gaivota, onde uma mulher foi morta a tiros e um jovem baleado no rosto. Ambos foram encontrados pela Polícia Militar (PM), por volta das 23h30, na rodovia José Tiscoski, estrada que liga o município a cidade de Sombrio.  

A vítima foi Jaqueline Ferreira Borges, de 28 anos de idade. Ela foi localizada em um matagal com marcas de tiros no tórax e no abdômen. Já o jovem estava dentro de um Chevette encontrado às margens da rodovia. 

Uma guarnição realizava rondas no local quando avistou o veículo e encontrou o homem sentado no banco do caroneiro. Ele estava sangrando e inconsciente, foi socorrido e encaminhado em estado grave ao Hospital Dom Joaquim. A área foi isolada até a chegada das guarnições da Polícia Civil, Instituto Geral de Perícia (IGP) e Instituto Médico Legal (IML).