InternetData CenterAssinante

Adolescentes são identificados como autores de homicídio no bairro Naspolini

Crime aconteceu em julho e teve como vítima um jovem de 20 anos de idade
Por Thiago Hockmüller Em 11/09/2019 às 14:55

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa da Polícia Civil identificou os autores de um homicídio registrado em julho no bairro Naspolini em Criciúma. Segundo as investigações, dois adolescentes, de 16 e 17 anos de idade, são os responsáveis por tirar a vida de um jovem de 20 anos, que foi encontrado em estado de putrefação no dia 9 de julho, quatro dias após o crime. 

O exame cadavérico apontou que a vítima foi morta a pauladas ou pedradas. E que os autores conviviam com a vítima, que teria praticado um furto na casa do pai de um dos adolescentes. Esta, segundo a investigação, foi a motivação do crime que aconteceu na noite do dia 5 de julho, quando a dupla flagrou o jovem carregando um passarinho furtado. 

O rapaz foi imobilizado com um golpe “mata leão” e desmaiou. Na sequência, conforme apurado pela Divisão de Investigação Criminal (DIC), ele foi levado de carro até as proximidades da Mina de Visitação, onde foi golpeado na cabeça com cabos de enxada. 

Após notarem o óbito, os adolescentes jogaram o corpo em uma ribanceira, ao lado de um depósito de lixo, local onde o corpo foi encontrado quatro dias depois. Os adolescentes confessaram o crime e afirmaram que não desejavam matar o amigo, mas apenas dar uma “lição nele”. A versão foi confirmada por testemunhas que ouviram dos adolescentes o relato. 

Ainda de acordo com a DIC, a dupla possui antecedentes criminais por roubo, receptação, porte de arma e tráfico de drogas. Eles vão responder em liberdade perante à Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami) por homicídio qualificado pelo motivo fútil e crueldade na execução. Em 2019, já foram registrados 15 homicídios em Criciúma e 13 deles já foram esclarecidos.