Segurança

Criciúma

Comunidade faz protesto e reivindica melhorias no bairro Renascer

Manifestação durou quase uma hora e trem foi parado pelos moradores

09
FEV
2018
| 18h40
18h40
Jessica Rosso
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
Jessica Rosso

No cartaz feito de cartolina, foi possível ler o texto escrito a mão: "estamos cansados de tantas promessas , queremos atitudes em nosso bairro. Estamos cansados de comer poeira e viver no matagal senhor prefeito". Frases como estas revelaram a insatisfação da comunidade do bairro Renascer, de Criciúma, durante um protesto que iniciou por volta das 16h30, na tarde desta sexta-feira, dia 9, e durou cerca de quase uma hora. 

O protesto ocorreu no cruzamento da Rua Aristídes Amboni com a Ferrovia Tereza Cristina. O trem ficou parado no local durante o ato. 


O protesto foi pacífico, mas ilegal, já que a Polícia Militar (PM) ficou sabendo por outros meios de que haveria a manifestação. Para o presidente de bairro Eduardo Pereira Antunes, a dificuldade está em ter uma resposta da prefeitura para os problemas que o bairro está enfrentando há algum tempo. " Não temos manutenção nas ruas, na creche, na unidade de saúde e tem obras inacabadas. A grama da creche quem está cortando são os moradores. Ontem a caixa d´ água caiu da unidade de saúde e ninguém apareceu para arrumar", afirmou. 


O subcomandante da PM Giovanni Fagundes disse que as reivindicações feitas pelos moradores são necessárias também para a segurança pública. " A iluminação pública precisa de melhorias. É uma questão de ordem e segurança", ressaltou.

 

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Missão Cumprida ..Aposentadoria de Cláudio Gomes Nações Shopping vai exibir a final da UEFA no cinemaCriciúma tem manifestações espalhadas pela avenida CentenárioPROCURA-SEHorários de ônibus são alterados para prolongar atendimento à populaçãoManifestantes trancam Avenida Centenário, em Criciúma