navegue nos blocos da capa

Segurança

sombrio

Professor de dança é condenado por abuso sexual mediante ameaça

12
SET
2017
| 07h20
07h20
Douglas Saviato
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
divulgação

Um professor de dança de Sombrio foi condenado a 20 anos de prisão, em regime inicial fechado, pela prática de atos libidinosos mediante ameaça, contra uma pessoa menor de 14 anos. Os abusos ocorreram de forma reiterada nos anos de 2012 e 2013. A sentença é de primeiro grau e o réu poderá recorrer em liberdade.

Na denúncia apresentada à Justiça, a 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Sombrio relata que a vítima passou a frequentar as aulas ministradas pelo professor de dança em 2011 e, no ano seguinte, passou a ser assediada pelo réu. Os abusos só cessaram quando a vítima resolveu procurar ajuda e relatar os abusos que estava sofrendo.

Diante dos fatos apresentados pelo Ministério Público, a ação foi julgada procedente pelo Juízo da 2ª Vara da Comarca de Sombrio para condenar o réu a 20 anos de prisão, em regime inicial fechado, por ter, na condição de professor, ameaçado e assediado a vítima menor de 14 anos. O réu poderá recorrer da sentença em liberdade.

Colaboração: Comunicação Ministério Público de Santa Catarina

Leia mais sobre:
Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Semana da Baleia Franca começa nesta quinta-feiraGaleria de arte da Acic recebe nova exposiçãoVÍDEO: O terceiro ciclo econômico: do carvão à prestação de serviços e ao comércioVÍDEO: Saiba como separar o seu resíduo e como eles chegam aos catadoresJogadores do Tigre visitam alunos da Educação InfantilExposição Arte, Cultura e Tatuagem chega ao Nações Shopping