InternetData CenterAssinante

Em Brasília, estudante sofre grave ferimento na mão após explosão em manifestação

Em Brasília, estudante sofre grave ferimento na mão após explosão em manifestação
Foto: reprodução Correio Braziliense
Por Douglas Saviato Em 24/05/2017 às 23:06

Vitor Rodrigues Fregulia, de 21 anos, estudante do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) de Araranguá, ficou ferido durante o movimento Ocupa Brasília realizado na tarde desta quarta-feira na capital federal. O jovem, que é natural de Praia Grande, perdeu três dedos da mão direita após um artefato explosivo ter explodido em seu membro. Ele foi encaminhado consciente ao Hospital de Base de Brasília, onde passaria por um procedimento cirúrgico.

Fregulia é estudante de física e um dos integrantes do grupo de manifestantes que deixou Araranguá na manhã dessa terça-feira, dia 23, em direção à capital federal. Ao todo, segundo a Central Única dos Trabalhadores (CUT) de Santa Catarina, em torno de 40 ônibus deixaram diversas regiões do Estado desde a última segunda-feira, dia 22.

De acordo com o jornal Correio Braziliense, um segurança da Câmara dos Deputados relatou que o jovem teria pego um artefato e tentado lançá-lo contra os Polícias Militares, que atuavam na região da Esplanada dos Ministérios. No entanto, segundo a assessoria da CUT, o jovem teria se ferido após pegar um rojão lançado pela PM, momento em que a explosão teria ocorrido.

Balanço parcial

De acordo com o balanço parcial da Secretária de Segurança Pública de Brasília, houve 49 atendimentos de urgência durante a manifestação, entre feridos e pessoas que passaram mal por causa do uso de gás lacrimogêneo e spray de pimenta. Também houve policiais feridos, mas este número não foi revelado.

No Hospital de Base de Brasília, pelo menos, quatro manifestantes deram entrada, um deles o jovem estudante de Araranguá. Outros dois, de 35 e 18 anos, foram feridos com balas de borracha no olho. E um outro manifestante teria sido baleado com munição letal.