Segurança

balanço

Após atentados, operações da Polícia Civil prendem mais de 80 envolvidos

12
SET
2017
| 07h14
07h14
Douglas Saviato
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições
divulgação

As operações Independência e Hidra de Lerna realizadas nos dias 7 e 8 reuniram mais de 300 policiais civis de Santa Catarina e mais de 50 viaturas. Nestes dois dias foram mais de 80 prisões, além de diversas armas e drogas apreendidas.

De acordo com o delegado geral da Polícia Civil, Artur Nitz, no primeiro dia, na Operação Independência, 47 pessoas foram detidas e cinco flagrantes foram realizados. Apreendeu-se drogas, munições, balanças de precisão, depósitos bancários, rádios comunicadores, dinheiro, anotações, celulares, cartas e bilhetes contendo farto material probatório que faz alusão à quadrilha responsável pelos atentados que predominaram pelo Estado.

No segundo dia, na Operação Hidra de Lerna, 59 pessoas foram presas e seis flagrantes foram cumpridos. Conforme Nitz, aparelhos celulares, drogas, coletes balísticos, armas de fogo e evidências que subsidiarão investigações de roubos e homicídios ocorridos no Estado foram apreendidos. Além disso, foragidos foram recapturados e houve mandados cumpridos dentro e fora de presídios.

Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Corte do bolo e baile da terceira idade encerram a MaggiofestO sonho que virou realidade e diversão: o rock da Cherry Ramona Fritadeira elétrica causa princípio de incêndio em estabelecimentoCortes Mirim e 3ª Idade são eleitas para a 10ª Festa do Colono de TrevisoEspetáculo Gran Circo lota teatro do Parque AmbientalPalestra apresentou o Empretec na ACIVA