Segurança

Mistério

Tremores de terra em Forquilhinha são investigados pela Defesa Civil

Moradores escutaram dois tremores em um período de dez minutos na última quinta-feira, sendo o primeiro com maior intensidade

06
ABR
2015
| 14h10
14h10
Douglas Saviato
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições

São investigadas as causas dos dois tremores de terra registrados na última quinta-feira, dia 2, em, pelo menos, três bairros de Forquilhinha. Conforme o coordenador da Defesa Civil do município, André Zanoni, além dos bairros Ouro Negro, Nova York e Vila Franca, o bairro São Roque, de Criciúma, também registrou o tremor da semana passada.

Na região concentram-se três mineradoras, no entanto, ainda não é possível saber se as empresas possuem relação com o caso. “A Defesa Civil está estudando qual foi a mineradora que fazia extração nestas regiões no passado. Estamos em contato com um engenheiro de uma mineradora que nos dará no fim desta tarde ou durante esta terça-feira um respaldo”, comenta.

Os moradores escutaram dois tremores em um período de dez minutos, sendo o primeiro com maior intensidade. Assim que os tremores foram sentidos, os moradores assustados saíram de suas casas. Ninguém teve seus pertences danificados por conta dos tremores.

A coordenadora da Defesa Civil de Criciúma, Ângela Mello, esteve no bairro São Roque nesta manhã coletando relatos de moradores. Ela estará em contato com engenheiros do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) para estudar as causas dessa ocorrência.

Caso estes registros não estejam relacionados com as mineradoras, outros órgãos serão acionados para identificar as causas dos tremores, como a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). 

Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Nações Shopping apresenta Exposição Internacional DragõesProtestos no Sul causam desabastecimento Atletismo reúne cerca de 200 estudantes na pista da Unesc e encerra JescFuncionária de laboratório criciumense fez parte de esquema de falsificação'Não saí de minha empresa para ser coadjuvante', Flavio Rocha em CriciúmaA Bela e a Fera no palco do Teatro Elias Angeloni, em Criciúma