InternetData CenterAssinante

Mãe de menina encontrada morta continua desaparecida

Há 16 dias, a mulher segue sem dar notícias
Mãe de menina encontrada morta continua desaparecida
Foto: Reprodução Facebook
Por Mariana Noronha Em 06/01/2015 às 15:00

A mãe de Carol Seidler Calegari segue sem dar notícias à Polícia Civil. A mulher, de 48 anos, desapareceu no dia 22 de dezembro, após comunicar o sumiço da filha na Delegacia da Criança, do Adolescente, e de Proteção à Mulher e ao Idoso de Tubarão (Dpcapmi). No dia seguinte, a menina, de 7 anos, foi encontrada morta, dentro de uma caixa, em um dos quartos da casa da própria genitora. 

 De acordo com o site Notisul, o delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Cidade Azul, Rubem Teston, aguarda a apresentação da mãe da menina para que o caso seja esclarecido. A mulher é considerada uma figura importante na elucidação do crime. Ela sumiu sem levar dinheiro ou pertences pessoais. A possibilidade de suicídio chegou a ser cogitada na investigação mas, em virtude do tempo de desaparecimento, a polícia descartou a hipótese. 
 
O exame cadavérico feito pelos peritos do Instituto Médico Legal (IML) de Tubarão constatou, preliminarmente, que Carol morreu em decorrência de asfixia, após ter sido imobilizada pelo agressor. “A situação é muito complicada, pois a mãe da menina sumiu e nós não podemos esclarecer o caso sem a presença dela. Inclusive, solicitamos o apoio da diretoria do Instituto Geral de Perícias (IGP) para que os resultados dos exames fiquem prontos o quanto antes. Mas sabemos que esse tipo de trabalho é detalhado e pode passar de 40 dias”, informou o delegado Rubem Testom.

 

Informações: Notisul