InternetData CenterAssinante

Bope de Florianópolis é acionado após possível explosivo ser encontrado em Urussanga

Atualização de matéria às 9h59min / Artefato estava na frente de um associação na região central do município. Local foi isolado
Bope de Florianópolis é acionado após possível explosivo ser encontrado em Urussanga
Foto: Fotos: Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT)
Por Douglas Saviato Em 07/09/2013 às 23:49
Atualização de matéria às 9h59min / Após encontrarem uma bolsa plástica contendo um possível artefato explosivo, populares de Urussanga acionaram a Polícia Militar por volta das 22 horas deste sábado. Eles encontraram o artefato na frente de uma associação na região central do município, aonde acontecia uma festa de casamento. Conforme a Polícia Militar de Urussanga, a área foi isolada e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) de Florianópolis foi acionado. Uma fotografia do artefato foi retirada e enviada ao Bope, que deslocou uma equipe até a cidade.

Ao chegarem no município, os profissionais levaram o objeto para uma área isolada da prefeitura, sem residências próximas e neutralizaram o possível explosivo. Conforme a Polícia Militar de Urussanga, não foi possível identificar à periculosidade do artefato. Câmeras de vídeo monitoramento da prefeitura serão utilizadas para tentar identificar quem teria deixado o objeto no local. A equipe do Bope deixou o município ainda nesta madrugada. O Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) de Criciúma e os policiais militares de Urussanga também atuaram na ocorrência. A Polícia Civil do município passa a investigar o caso.

Morador acionou a PM - O morador de Urussanga, Rangel Quaglioto, foi quem acionou a PM do município. Segundo ele, o material foi encontrado na estrada e chamava atenção. “Eu peguei o artefato na mão e fiquei mexendo por dez minutos. Depois me chamaram de louco, mas não passou pela minha cabeça que aquilo poderia ser uma bomba”, conta. O morador ainda quase tirou o gatilho que acionaria o artefato. “Iria guardar para mexer depois, mas acionei a PM”, lembra.