InternetData CenterAssinante

Agosto e setembro são os meses de maior incidência de queimadas na região

No último fim de semana três incêndios chamaram atenção no Sul do Estado
Agosto e setembro são os meses de maior incidência de queimadas na região
Foto: Foto: BV Jaguaruna
Por Douglas Saviato Em 10/09/2013 às 17:21
No último fim de semana três incêndios chamaram atenção na região Sul do Estado. O tempo seco combinado com a baixa umidade relativa do ar colabora para a propagação de chamas em vegetações rasteiras e também em matas mais densas.
Conforme o tenente-coronel Lázaro Santin, comandante do 4º Batalhão de Bombeiros Militar de Criciúma, a época mais propícia para a propagação destes incêndios está nos meses de agosto e setembro. “Este fator climático, junto com o calor em excesso são propícios para as queimadas, levando em consideração que as vegetações estão secas”, explica.

Materiais jogados às margens da BR-101 e nos matos contribuem para os incêndios, como chepas de cigarros. Além do calor, e da baixa umidade do ar outro fator climático que colabora para os incêndios é o vento, que ajuda a espalhar as chamas.

A orientação para a população é tomar cuidado em relação às limpezas dos terrenos “As pessoas devem ter o cuidado na hora desta limpeza, pois uma pequena fagulha pode se tornar em um grande incêndio. Muitos fazem queimadas para organizar suas plantações, o que requer cuidado também”. Ainda segundo o comandante, o Corpo de Bombeiros deve ser acionado imediatamente em caso de queimadas.

Incêndios – Os incêndios aconteceram nos municípios de Jaguaruna, Araranguá e Imbituba. Na cidade de Jaguaruna, o fogo consumiu uma área de dez mil metros quadrados de extensão. As chamas começaram por volta das 15 horas, sendo que o fogo foi totalmente combatido por volta das 21 horas.

Em Imbituba, a forte fumaça provocada por um incêndio às margens da BR-101 chegou a interromper a rodovia federal em duas ocasiões. As intervenções aconteceram às 15 horas e às 17 horas do sábado. O fogo consumiu uma área de cinco mil metros quadrados. Os bombeiros levaram dez horas para combater o incêndio. Em Araranguá, mais uma ocorrência envolvendo um incêndio foi registrada. As chamas consumiram a vegetação de um terreno de quatro mil metros quadrados. O incêndio ocorreu na SC-449 em Balneário Arroio do Silva. Dois bombeiros atuaram na ocorrência e dois mil litros de água foram utilizados.