InternetData CenterAssinante

Covid-19: com base em estudos, Sindisaúde solicita terceira dose para profissionais de saúde

Reunião aconteceu na Prefeitura de Criciúma na manhã desta sexta-feira
Covid-19: com base em estudos, Sindisaúde solicita terceira dose para profissionais de saúde
Foto: Rafaela Custódio / Arquivo Engeplus/Ilustração
Por Jessica Rosso Crepaldi Em 17/09/2021 às 17:32

O Sindisaúde apresentou em uma reunião na manhã desta sexta-feira, dia 17, na Prefeitura de Criciúma, dados sobre a vacinação da Covid-19, e com base nessas pesquisas, solicitou que profissionais da saúde do Município recebam a terceira dose, ou uma dose de reforço contra a doença. 

"Junto com algumas assessorias viemos buscando alguns estudos onde se faz necessário a terceira dose, principalmente para quem está à frente do tratamento e acima de 60 anos", explicou. 

Segundo o presidente do Sindisaúde, Cleber Ricardo da Silva Cândido, foram apresentados alguns dados, inclusive sobre internação. "Principalmente daqueles que fizeram a coronavac lá no começo. Já estão começando a hospitalizar de novo as pessoas, então entendemos que é importante e prioritário fazer a terceira dose para os profissionais de saúde que estarão à frente de tudo isso de novo, e para que não haja afastamentos de novo, e que não haja baixas como aconteceu no passado" explicou. A reunião aconteceu na Secretaria de Saúde, com a presença do secretário Acélio Casagrande. Confira o vídeo: