InternetData CenterAssinante

Com aumento de casos de coronavírus, Criciúma pede intensificação dos cuidados sanitários

Encontros também foram para passar orientações, caso o Criciúma mude de matriz de risco
Com aumento de casos de coronavírus, Criciúma pede intensificação dos cuidados sanitários
Foto: Ana de Mattia
Por Redação Em 24/11/2020 às 19:00

Os números da Covid-19 em Criciúma aumentaram e o município está com 100% da capacidade das internações. Devido ao estado de alerta, o Governo Municipal solicitou aos representantes de academias, bares e restaurantes, lojas de conveniência, entidades religiosas, supermercadistas, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a Associação Empresarial de Criciúma (ACIC) que intensifiquem os cuidados sanitários nos estabelecimentos. Os encontros ocorreram, nessa terça-feira, dia 24, no Salão Ouro Negro, no Paço Municipal Marcos Rovaris.

De acordo com o Fiscal da Vigilância Sanitária, Samuel Bucco, as medidas sanitárias precisam continuar e são indispensáveis na prevenção da doença. “O uso da máscara é importantíssimo. Precisamos respeitar o distanciamento social, a higienização e a ventilação dos locais para conter os avanços do coronavírus. Essas medidas sempre serão necessárias e é a nossa única defesa contra o vírus”, relatou.

 

O Estado de Santa Catarina divulgará matriz de risco de contaminação do coronavírus nesta quarta-feira, dia 25. Criciúma pode passar da cor laranja (grave) para a cor vermelha (gravíssimo). Pensando nisso, a equipe da Secretaria de Saúde já passou orientações das novas restrições, caso mude a matriz.

 

“Precisamos conscientizar a população, precisamos que cada um faça sua parte e tenha bom senso. Ontem, chegamos na nossa lotação máxima de internações e estamos fazendo o possível para melhorar estes números, mas precisamos da colaboração de todos”, frisou o secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande. O vice-prefeito, Ricardo Fabris, também acompanhou os encontros.

 

De acordo com o Boletim Epidemiológico da última segunda-feira, dia 23, o município carbonífero está com 10.044 casos confirmados, sendo 1.163 ativos e 8.762 recuperados. Ao todo, Criciúma tem 153 pessoas hospitalizadas, entre suspeitos e confirmados. Além dos segmentos dessa segunda-feira, encontros continuam com outros estabelecimentos, como de complexos esportivos, que está marcado para esta quarta-feira, dia 25.

 

Denúncias de descumprimento de normas sanitárias podem ser feitas pelo WhatsApp (48) 99193-6259 ou pelo aplicativo PMSC Cidadão ou 190 da Polícia Militar.

 

Colaboração: Ana de Mattia