InternetData CenterAssinante

Cirurgias eletivas e consultas ambulatoriais serão retomadas em Criciúma

Portarias 341 e 342, publicadas na última quarta-feira, autorizaram o retorno dos serviços
Cirurgias eletivas e consultas ambulatoriais serão retomadas em Criciúma
Foto: Rafaela Custódio / Arquivo Engeplus
Por Rafaela Custódio Em 25/05/2020 às 09:05

A Prefeitura de Criciúma retoma a partir desta segunda-feira, dia 25, os serviços relacionados às consultas ambulatoriais e cirurgias eletivas de média complexidade que estão suspensas em território catarinense desde o dia 17 de março em virtude da pandemia do coronavírus. Os atendimentos odontológicos também deverão retornar no município, porém uma reunião ainda hoje definirá sobre este serviço. 

As portarias 341 e 342, publicadas na última quarta-feira, dia 20, no Diário Oficial do Estado, autorizaram o retorno dos serviços a partir desta segunda-feira. Em entrevista concedida ao jornalista João Paulo Messer, da Rádio Eldorado, o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande, relatou que todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estão atendendo normalmente com médicos. “Consultas eletivas estão voltando gradativamente, e o paciente deve ligar para a UBS e realiza o agendamento. Não é na plenitude ainda por conta da aglomeração”, explicou. “Estamos aguardando que os hospitais da região Sul nos repassem o que possuem a disposição [para as cirurgias]”, completou. 

Quem já estava com cirurgia marcada, o que deve fazer? 

Conforme o secretário de Saúde, se o paciente já estava com a cirurgia eletiva marcada e foi suspensa, ele será chamado e informado sobre a nova data, porém a pessoa também pode ligar para a Unidade Básica de Saúde de seu bairro e procurar informações sobre a nova data. “Nós temos uma lista com mais de três mil pessoas esperando na fila. Com a paralisação do coronavírus piorou ainda mais a situação”, garantiu Casagrande. 

Para atender pacientes do município, esclarecer dúvidas e evitar aglomerações sobre o assunto, a Secretaria de Saúde dispõe dos seguintes números (48) 99693-4889 ou (48) 99951-2328 (via WhatsApp) e (48) 3445-8436 ou (48) 99693-4889.