InternetData CenterAssinante

Ação voluntária leva campanha de vacinação da gripe até os idosos

Campanha já vacinou cerca de 200 idosos no bairro Nossa Senhora da Salete
Ação voluntária leva campanha de vacinação da gripe até os idosos
Foto: Divulgação
Por Redação Em 29/03/2020 às 20:49

Sabendo da importância que representa a campanha de vacinação da gripe para os idosos do bairro, mas conscientes dos riscos de aglomerar os moradores, a diretoria da associação de moradores do bairro Nossa Senhora da Salete tomou uma atitude diferente. Conseguiu a autorização com a Secretaria Municipal de Saúde para levar agentes de saúde até as casas dos moradores que fazem parte dos grupos de risco, principalmente as pessoas com mais de 60 anos. A campanha de vacinação no bairro começou no dia 23 de março e até agora já vacinou cerca de 200 idosos.

A iniciativa integra o protocolo de ações em prol do bem-estar, saúde e segurança da comunidade que já vem sendo colocado em prática há alguns meses. “Assim que recebemos a ordem da campanha da vacinação avaliamos formas para não precisar levar os idosos até o  posto de saúde, o que os colocaria em risco de exposição ao coronavírus. Então decidimos tentar outra abordagem e deu certo. Está sendo muito positivo”, destaca Arlan Rodrigues que é voluntário ao lado de outros moradores e da presidente da Associação  do Bairro, Andreia Zomer.

De casa em casa - Com a ajuda da mensalidade de R$ 10,00 que os moradores contribuem com o Centro Comunitário, Arlan disponibilizou o próprio veículo para levar as agentes de saúde e vacinadoras de casa em casa. À medida que vão chegando nas ruas, ele atualiza os grupos de WhatsApp do bairro em tempo real, o que auxilia na organização da vacinação. “Vou informando e eles já vão seguindo para as portas das casas. Assim a vacinação é rápida e não expõe eles aos riscos. Também estamos visitando os acamados e levando alimentos arrecadados para famílias que estão em necessidade. Estamos cuidado deles de todas as formas possíveis”, ressalta.

Em tempos de isolamento social outra ação ganha destaque no bairro: a realização de orações online todas as noites para que os moradores acompanhem nos grupos. A campanha de vacinação seguirá no bairro assim que chegarem mais doses de vacina em Criciúma. Segundo Arlan a expectativa é vacinar mais 600 idosos nos próximos dias.

Colaboração: Tatiani Longo