InternetData CenterAssinante

Vigilância Sanitária de Criciúma intensifica inspeção em estabelecimentos

Locais tem risco de proliferar o Aedes Aegypti
Vigilância Sanitária de Criciúma intensifica inspeção em estabelecimentos
Foto: Divulgação/Decom
Por Redação Em 05/11/2019 às 22:45

A chegada do verão aumenta a proliferação do mosquito da dengue, além de ser a estação mais quente do ano, ela também é a mais chuvosa, com isso os ovos do Aedes Aegypti eclodem com mais facilidade. Pensando nisso, a Vigilância Sanitária de Criciúma está intensificando as inspeções em lugares que têm maior risco de proliferar o mosquito da dengue no município.

Os locais que contém este risco são: loja de ferro velho, borracharia, floricultura, transportadoras e empresas de reciclagem. Conforme a bióloga e fiscal da Vigilância Sanitária de Criciúma, Fernanda Martins, os espaços têm mais chance de proliferar por ter maior quantidade de materiais que acumulam água. “Além disso, estes espaços recebem materiais de outras regiões, que podem ter o foco do mosquito, e trazer para Criciúma”, explica.

 

Interdição

Com a intensificação das inspeções, os profissionais do órgão municipal interditaram um ferro velho do bairro São Luiz. Segundo a fiscal, foi uma medida cautelar devido ao risco sanitário existente no local. O ferro velho já teve um foco do mosquito. O proprietário do local receberá uma infração sanitária que gerará uma multa. O espaço só poderá ser desinterditado após a regularização do estabelecimento.

Fernanda ainda orienta que os estabelecimentos que possuem o risco devem ter cuidado redobrado. Manter os materiais sem acúmulo de água, que possam ser usados de criadouro para os mosquitos, as peças e pneus devem ser mantidas em lugares cobertos e não manter os vasos com pratos que possam acumular água.

 

Cuidados nas residências

As precauções devem ser ampliadas também para as residências. Por exemplo, as piscinas devem receber os cuidados durante o ano todo, não somente no verão.

Além disso, os moradores precisam armazenar os resíduos em sacos plásticos, manter o reservatório de água fechado, armazenar garrafas com a boca para baixo, armazenar pneus em lugares cobertos, manter calhas e ralos limpos e colocar areia nos pratos dos vasos. 

Colaboração: Ana de Mattia