InternetData CenterAssinante

Unidade de Saúde Central com horário estendido até dia 31 para intensificar vacinação

Até o momento 59,40% da população já recebeu a vacina contra a influenza
Por Redação Em 20/05/2019 às 17:04

A Unidade de Saúde Central, localizada ao lado do Hospital São José, na rua Coronel Pedro Benedet, atenderá em horário estendido a partir desta segunda-feira, dia 20 até a sexta-feira (31) para reforço da vacinação contra influenza e febre amarela. O local ficará aberto duas horas a mais que o habitual, de segunda a sexta-feira, das 8h às 19 horas. Até agora, a campanha atingiu 59,40% da meta, e o objetivo é vacinar 61 mil pessoas até o final.

Para facilitar o acesso, nesta terça-feira, dia 21, a Secretaria de Saúde por meio do Programa de Imunização, estará disponibilizando um furgão de vacinação em frente ao Colégio Lapagesse, no Centro, também das 8h às 19 horas. “A vacinação tem foco nas crianças que estudam na escola, mas qualquer pessoa que apresentar carteira de vacinação e, no caso da influenza, comprovar que pertence ao grupo prioritário, poderá fazer a vacinação”, disse a coordenadora do Programa de Imunização, Patrícia de Carvalho.  

O furgão deve passar por outras escolas de Criciúma. “Como o grupo de crianças é o com menor índice de vacinação, nós precisamos reforçar e estamos trabalhando para que chegue em outras escolas do município”, comentou.

Grupo prioritário

Devem se vacinar contra a influenza pessoas que fazem parte do grupo prioritário preconizado pelo Ministério da Saúde (MS). Estão inclusos na lista: idosos, crianças de seis meses a quatro anos, gestantes, puérperas (mulheres com até 40 dias após o parto), profissionais da área da saúde, do sistema prisional, população privada de liberdade, indígenas e portadores de doenças crônicas. A vacina da febre amarela pode ser feita por qualquer pessoa de nove meses a 59 anos. Em ambas, há restrição para casos de anafilaxia (crise alérgica grave).

Colaboração: Maria Duarte