InternetData CenterAssinante

Primeira morte por febre amarela é confirmada em Santa Catarina

Vacinas estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde
Primeira morte por febre amarela é confirmada em Santa Catarina
Foto: Divulgação
Por Rafaela Custódio Em 28/03/2019 às 10:31

A primeira morte por febre amarela foi confirmada em Santa Catarina. Trata-se de um homem, de 36 anos, que morava em Joinville. Ele não tinha registro de vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). O caso foi confirmado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC). O último registro de morte por febre amarela no estado foi em 1966.

A região Sul de Santa Catarina também está alerta, isto porque no último dia 14 foi encontrado um macaco morto às margens da Rodovia Otávio Dassoler em Criciúma. Sendo que o animal também é vítima do mosquito transmissor da febre amarela. Porém, um exame laboratorial foi realizado para identificar a morte do animal. Nos próximos dias deverá sair o resultado que indicará se o animal também foi vítima do mosquito transmissor pela febre amarela.

A meta no Sul do estado é vacinar 321 mil pessoas e foram vacinadas pouco mais de 120 mil. A vacinação segue nas unidades de saúde nos horários normais durante a semana das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. Devem se vacinar pessoas de nove meses a 59 anos.