InternetData CenterAssinante

Maior empreendimento de saúde do Brasil será construído em Criciúma

Santa Vita Saúde Center deve gerar 1,5 mil empregos diretos e mais de mil indiretos
Maior empreendimento de saúde do Brasil será construído em Criciúma
Foto: Divulgação
Por Heitor Carvalho Em 02/04/2019 às 20:42

Com 31 andares, mais de 500 consultórios e 1.450 vagas de estacionamento, esse é o projeto do Santa Vita Saúde Center, que tem início das obras marcado para o dia 3 de junho. Empreendimento será construído na rua Júlio Gaidzinski, no centro de Criciúma, sendo ligado ao Hospital São José por duas passarelas climatizadas com divisões para funcionários do hospital e clientes.

“Santa Vita vai ser a revolução da saúde. Eu até falo que nem só para Criciúma e região, mas para toda Santa catarina”, afirma Edilando de Moraes, diretor comercial da Compacta Incorporadora, empresa responsável pelo empreendimento.

A revolução não será apenas na saúde, mas também no mercado de trabalho. Ao todo 2.500 vagas de emprego serão geradas em função do empreendimento. “Empregos diretos serão 1.500 e indiretos pode adicionar no mínimo mais 1.000”, frisa Moraes.

A expectativa é que até 15 mil pessoas circulam por dia pelo Santa Vita Saúde Center. “É um já prédio pensado no futuro. É o maior edifício em bloco do Estado e o maior de clínicas no Sul do Brasil”.

Confira no vídeo um pouco do projeto do Santa Vita Saúde Center:

Dos 31 andares, cinco já estão pré-reservados e dois são de prioridade do Hospital São José, além de outros espaços ao longo da construção. “Esse empreendimento nos dá uma expectativa de futuro”, declara a diretora geral do Hospital São José, Irmã Isolene Lofi, que lembra que atualmente o hospital carece de espaços. “Por isso temos certeza que alguns de nossos serviços serão realizados em nosso espaço dentro do Santa Vita”.

O desafio de construir o maior empreendimento de saúde do Sul do Brasil ficará a cargo da Construtora Castanhel. “Essa será a maior obra da Engenharia Castanhel, em mais de 39 anos. Já fizemos algumas obras grandes, similares de tamanho e de porte, mas de volume esses 131 mil m² serão a nossa maior obra”, define Edio Castanhel Filho, gerente da Engenharia Castanhel.

Por conta de sua grandiosidade a obra será dividida em dois momentos. “Temos que entregar a obra por completo em cinco anos. Mas vamos entregar a primeira parte em 2 anos e a outra metade em 3 anos”, ressalta o diretor comercial da Compacta Incorporadora. A primeira parte é composta pela garagem e pelo shopping saúde. “O objetivo é que enquanto a obra segue em construção, ela já consiga operacionalizar”, destaca Castanhel, explicando que essa medida se faz necessária em função da perda de vagas de estacionamento momentânea que a obra ocasionará.