Saúde

Santa Catarina

Vigilância Epidemiológica divulga mudanças no Calendário de Vacinação 2018

10
JAN
2018
| 16h30
16h30
Redação Engeplus
Jornalista | Portal Engeplus
Escreva para a redação referente a esta matéria
Enviar mensagem

Este contato será envido de modo restrito para o jornalista.
Contribua com a matéria
Dúvidas, sugestões ou contribuições

Já está disponível no site da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) o Calendário de Vacinação da Rede Pública de Santa Catarina para 2018, contendo as mudanças anunciadas pelo Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (PNI/MS).

Entre as principais mudanças está a aplicação da vacina contra a febre amarela para crianças com 9 meses. A dose será aplicada em crianças nascidas a partir do ano de 2017, residentes em todo o território catarinense. Além de Santa Catarina, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Bahia também terão essa mudança.

Em relação à vacina contra a varicela, o Ministério da Saúde passa a disponibilizar a segunda dose para crianças de 4 até 6 anos de idade (6 anos, 11 meses e 29 dias). A vacinação nesta faixa etária busca aumentar a proteção do grupo alvo, prevenindo a ocorrência de surtos da doença, especialmente em creches e escolas. A primeira dose da varicela é aplicada aos 15 meses de idade.

Outra alteração no calendário é a vacina meningocócica C conjugada para adolescentes de 11 a 14 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias). Para este grupo, será aplicado um reforço ou a dose única, conforme situação vacinal encontrada. Essa mudança proporcionará proteção direta impedindo o risco de doença para os grupos etários, alcançando, ainda, o efeito protetor da imunidade, que estende a proteção de pessoas não vacinadas.

A expectativa é ampliar a proteção das crianças e adolescentes, além de diminuir o estado de portador, protegendo também a população de outras faixas etárias, diminuindo assim a população suscetível a essas doenças”, afirma Vanessa Vieira da Silva, a gerente de imunização da Dive/SC.

A disponibilidade das vacinas segue as recomendações do calendário e a situação vacinal encontrada para crianças, adolescentes e adultos. A imunização oferece total proteção contra as doenças, que pode ter curta duração ou evoluir para formas graves e levar até mesmo à morte. As vacinas são gratuitas e estão disponíveis nas salas de vacinação das unidades de saúde pública de Santa Catarina.

Veja aqui o Calendário de Vacinação da Rede Pública.

Fala Leitor
Se você possui uma sugestão de pauta, artigo ou um fato que deseja noticiar, entre em contato conosco pelo Fala Leitor.
imagens recentes no Portal
Galeria de fotos: mande a sua foto no clima da Copa do MundoEscolha da corte da 18ª Festa do Vinho ocorre nesta sexta-feiraGrupo de mulheres da Serra da Pedra aprende a fazer doces e geléiasUPA da Próspera começa a atender dia 1 de julhoSão Joaquim volta a ter geada e congelamentoDois veículos colidem em Criciúma