InternetData CenterAssinante

Mutirão de cirurgias oftalmológicas devolve qualidade de vida a mais de 18,5 mil catarinenses

Mutirão é resultado dos mais de R$ 20 milhões investidos na saúde dos catarinenses
Por Redação Engeplus Em 04/11/2018 às 23:16

Mais do que melhorar a visão turva, acabar com a coceira ou diminuir a ardência dos olhos, milhares de pessoas estão voltando a enxergar graças ao Projeto Ver, um mutirão de cirurgias do Governo do Estado. São R$ 20 milhões investidos na saúde dos catarinenses que beneficiaram mais de 18,5 mil pacientes - até dezembro deste ano serão 20 mil cirurgias. “É libertador voltar a enxergar e poder retornar para minha vida normalmente com as ocupações que me deixam feliz”, revelou a aposentada Maria Casaril, de 73 anos, de São Lourenço do Oeste, que ficou por dois anos na fila de espera para fazer a cirurgia de catarata.

“Minha missão é cuidar dos catarinenses, e por isso escolhi a saúde e a segurança como prioridades de governo. E saber que mais de 18 mil pessoas mudaram suas vidas voltando a enxergar nos motiva a trabalhar ainda mais. Além de melhorar a qualidade de vida da população, o Projeto Ver faz parte da nossa bandeira de regionalizar a saúde, atingindo mais pessoas e dando melhores condições de atendimento em todas as regiões de Santa Catarina”, comentou o governador Eduardo Pinho Moreira.

O Projeto Ver atende pacientes que estão na fila de espera por cirurgias de cataratas, pterígio, glaucoma e descolamento de retina, doenças que atingem o globo ocular e danificam a visão podendo culminar até na cegueira. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, o mutirão de cirurgias oftalmológicas vai reduzir a fila nesta especialidade em 90%. “O Projeto Ver está tirando muitas pessoas da fila. Pessoas que esperavam há anos para voltar a enxergar estão realizando um sonho de vida”, ressaltou.

Colaboração: Assessoria de Imprensa